Cães com Personalidade Forte: O Que Fazer?

in

Sabemos que existem diversos tipos de comportamento e temperamento animal, mas quando temos cães com personalidade forte: o que fazer? Saiba aqui

Quando nos deparamos com um cão com personalidade forte: o que fazer?

Acredito que muitos têm um cãozinho com aquele personalidade fortíssima que você fala, mas da onde veio toda essa personalidade? rsrs. 

Cães com Personalidade Forte: O Que Fazer?

Mas, assim como acontece com as pessoas, os animais de estimação têm comportamentos que definem a sua personalidade.

O temperamento do animal pode falar muito sobre o seu comportamento, ou seja, ele revela bastante sobre a sua forma de reagir.

Principalmente diante de diferentes estímulos do entorno, além de dizer como aquele cão irá se adaptar ao seu novo lar.

Para moldar a personalidade do seu cachorro e controlar as respostas dele a estímulos externos, é recomendável socializá-lo.

O processo de socialização ensina seu pet a se relacionar pacificamente com outros animais e pessoas. 

O ideal é socializar enquanto ele ainda é filhote, entre os seis ou sete primeiros meses de vida.

Mas também é possível socializar um cachorro adulto, expondo-o ao contato com outros cães.

Como exemplo de um cãozinho de personalidade forte, vou contar um pouquinho da história do @viralatamartin.

Foto: @viralatamartin

Texto relacionado: Adaptação de Um Novo Animal em Casa

A história de Martín

Martín foi adotado com mais ou menos 30 dias, desde o primeiro momento com seus pais humanos (Myllena e Andrew), Martín enfrentada e rosnava.

No início não conseguiam ter uma boa convivência, mas o amor era tão grande por aquele serzinho que eles continuaram lutando para ajudá-lo. 

Myllena, pesquisava todas as formas de corrigir da melhor maneira e e desabafava com uma colega adestradora.

Foi quando ela me disse “você não pode querer que ele seja um cachorro que não é”.

Ual! Achei incrível essa frase da adestradora.

E realmente, isso fez com que os pais do Martín entendessem que essa era a personalidade dele e quando eles começaram a aceitar sua personalidade, eles aprenderam a lidar com a situação! 

Martín, é obediente e aprende tudo que ensinam, diferendo do Snow, ele sempre se deu bem com outro cães.

Mas, o problema maior é que ele não gosta muito que pessoas façam carinho e encoste nele, ou seja, ele precisa do seu espaço e precisa ser respeitado.

Afinal, nós humanos às vezes, também não gostamos que encostem em nós, não é mesmo? rsrs.

Hoje, Martín está com 1 ano e 7 meses e foi promovido a irmão mais velho.

Quando Guto chegou

Guto chegou em sua vida quando ele menos esperava e com isso Martín melhorou muito seu humor, estresse, suas alergias e até aceita um pouco mais de carinho.

Emocionante não é mesmo?

Como citei antes, com humanos o Snow sempre foi muito carinhoso e dengoso, principalmente com quem é da família.

Já os humanos que ele não conhece, no início ele fica meio de olho, se aproxima aos poucos, mas se começa a falar mansinho, ele já abana o rabinho e fica todo todo pela amizade nova, rsrs.

O maior problema dele é os outros cães, desde filhote ele nunca quis saber muito de outro cão.

Foram poucas as vezes que ele aceitou outros cães, ao poucos estamos socializando ele.

Mas, também assim como nós, tem sempre alguém que o ‘’santo’’ não bate, não é mesmo? rsrs. 

Foto: @snowdoguinhoo 

Então, nós também aprendemos a respeitar o limite dele.

Eu e meu noivo iremos nos casar ano que vem e queremos promover o Snow a irmão mais velho também.

O comportamento de Snow

Mas aí é que vem questão: como o Snow vai lidar com essa situação? 

Ao poucos estamos frequentando feiras de adoção, deixando ele chegar perto, cheirar e acreditem, estamos muito surpresos com a mudança dele!!

Tenho certeza que ele será um irmão mais velho muito amoroso e cuidadoso. Tudo é questão de paciência e respeitar o limite dele!

A maior parte das técnicas para melhorar a personalidade do seu cachorro é mais eficaz quanto mais cedo forem exercitadas.

Um cachorro com uma rotina mais socializada, que conhece e interage com diferentes pessoas e outros animais, tem muito mais chances de ser mais amigável e dócil com visitas.

Além de ser mais fácil de lidar com o próprio dono. O simples fato de levar seu cachorro para passear mostra para ele que não há motivos para se sentir ameaçado pelo mundo lá fora.

Essa atividade vai garantir que ele não seja tão agressivo com pessoas novas que começam a frequentar a casa. 

Algo que ajuda bastante o temperamento dos cachorros, é garantir que ele interaja com várias pessoas, não apenas com seu dono.

Então procure envolver seus amigos e familiares na criação do cachorro, seja ajudando com a alimentação, brincando com eles uma vez ou outra ou participando de passeios e momentos de recreação.

E aí, você também tem um filho de quatro patas com personalidade forte?
Conte aqui nos comentários!!

 

 

Camilla Dias do snowdoguinhoo

Escrito por Camilla Dias do snowdoguinhoo

Engenheira Sanitarista e Ambiental, tenho um filho de 4 patas, o @snowdoguinhoo, um Akita Inu muito fofo, carinhoso e adora uma bagunça, Snow foi quem que me ajudou a enxergar o mundo e os animais de outra maneira, hoje sou vegetariana, amante e defensora dos animais.

Comentários

Leave a Reply
  1. Lennon é um Golden de 1 ano e 9 meses, 35 kg e “filho” único. Muito sociável com humanos, mas não sabe se comportar com outros cães… Ainda tenho receio de levar ele em parques ou locais com muitos animais. Tenho a impressão que ele fica surdo quando chega perto de outro cachorro, pois os comandos que ensinamos a ele são ignorados. Não que ele vá morder ou brigar, ao contrário, ele quer brincar, pular, lamber e correr, mas nem todos gostam dessa atitude. Já conversamos com adestradores e eles falam que é da personalidade dele ser assim, pois ele não tem noção do tamanho e do peso dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

A Jornada de Ramba: Como Ajudar a Última Elefanta de Circo do Chile a Chegar ao Santuário de Elefantes Brasil

Por Que os Brinquedos para Cães da Petiko São os Ideais Para seu Pet?