in ,

Cuidados ao Escolher um Pet-sitter ou Dog Walker

Os serviços de Pet-sitter ou Dog Walker estão se tornando cada vez mais procurados, por isso, neste artigo mostraremos quais os principais cuidados para contratá-los.

Brasileiro adora viajar, especialmente no final do ano, época em que muitas pessoas tiram alguns dias de férias e desejam fugir da rotina e descansar um pouco a mente. No entanto, quem tem animais de estimação em casa sabe bem como uma viagem, mesmo que curta, pode ser um problema.

Nem sempre é possível levar os pets em uma viagem, e infelizmente, nem todas as pessoas possuem familiares ou amigos de confiança para deixar seus pets com os cuidados diários necessários garantidos. E, exatamente por esse motivo, muitas pessoas acabam desistindo de viajar.

Nestas situações a contratação de um Pet-sitter ou Dog Walker é muito bem-vinda, mas precisa ser feita com muita atenção. Veja a seguir quais são os principais cuidados ao escolher um Pet-sitter ou Dog Walker.

Principais cuidados ao escolher um Pet-sitter ou Dog Walker

Photo by Matt Nelson on Unsplash

#1 Conheça o profissional

O primeiro e mais importante cuidado ao escolher um Pet-sitter ou Dog Walker é conhecer o profissional. Verifique se ele possui experiência, qualificação e principalmente, se ele gosta e é paciente com animais.

#2 Considere as condições da prestação do serviço

Defina quais serão os cuidados diários necessários para o seu pet e o período em que você deseja que ele tenha companhia. Saber disso antes de começar a contratação de um Pet-sitter ajuda muito.

#3 Conheça o equipamento de trabalho do profissional

É muito comum encontrar um Dog Walker que possua vários clientes e realize passeios com os animais ao mesmo tempo. Geralmente esses passeios acontecem em áreas cercadas e com uma certa proteção, como praças e parques.

Se você escolheu um profissional que trabalha assim, certifique-se de que ele possui um transporte adequado para os animais e se promove todos os cuidados ao transportar o pet no carro.

#4 Procure referências do profissional

Esse é um serviço que envolve muita confiança. Além de estar deixando seu pet sob os cuidados de outra pessoa, você precisará deixará a chave da sua casa (que estará vazia) com essa pessoa. Então, cerque-se do máximo possível de informações relacionadas a vida e ao perfil do profissional.

#5 Forneça o máximo possível de informações sobre o animal

Quanto mais o Pet-sitter ou Dog Walker souber sobre animal, melhor serão os cuidados prestados por ele ao seu pet. Por isso, procure informar sobre hábitos, brinquedos preferidos, comportamentos, personalidade e tudo mais.

Caso ele tenha algum histórico de doença, informe-o. Deixar o número do seu veterinário de confiança é primordial e, se ele possuir um plano de saúde para animais, lembre-se de deixar a carteirinha.

#6 Promova um período de adaptação

Se você possui um pet mais desconfiado, é interessante combinar com o Pet-sitter ou Dog Walker um período de adaptação do animal com o profissional, na sua presença. Assim, seu pet poderá criar confiança com o cuidador e estresse durante sua ausência será menor.

#7 Comece a contratação com antecedência

Em épocas de férias e datas comemorativas, a procura por Pet-sitter ou Dog Walker aumenta consideravelmente, por isso, se você pretende contratar esse serviço para viajar em períodos de alta temporada, vale a pena começar a pesquisar o profissional e iniciar o período de adaptação com antecedência.

Seguindo essas dicas de cuidados ao escolher um Pet-sitter ou Dog Walker, você certamente não terá problemas em relação à saúde e segurança do seu pet e da sua casa.

Por Jeniffer Elaina, da Smartia Seguros

 

Que tal agora conferir algumas dicas de como lembrar do seu pet de maneira criativa?

O que você achou??

0 points
Upvote Downvote
Luana Biral

Escrito por Luana Biral

Graduada em Direito, apaixonada por Pets e conteúdo web. Quero compartilhar textos interessantes sobre o mundo Pet afinal, temos muito que aprender sobre e com nossos amigos de quatro patas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

ir ao veterinário

6 Sinais que Seu Cãozinho Precisa ir ao Veterinário

curiosidades akita inu

5 Curiosidades Sobre um Akita Inu