Por Que Não É Legal Tirar Fotos Com Animais Selvagens

in

Os animais merecem ficar livres na natureza, e não, em cativeiros para humanos tirarem fotos.

A gente quer interagir com eles, chegar perto deles, fazer carinho neles.

No entanto, já parou para pensar se eles querem interagir com a gente, chegar perto da gente, receber carinho da gente?

Por Que Não É Legal Tirar Fotos Com Animais Selvagens

Os números da indústria do entretenimento com animais selvagens são surpreendentes: de acordo com a World Animal Protection, hoje, existem mais tigres em cativeiro do que na natureza – “só nos Estados Unidos, estima-se que o número de tigres em cativeiro é de 5.000, bem mais do que os 3.200 que ainda vivem na natureza em todo o mundo”.

No Brasil, os resultados da pesquisa Foco na Crueldade: o impacto negativo das selfies com vida silvestre na Amazônia – primeira análise abrangente de atrações turísticas que oferecem diferentes formas de contato direto com a vida silvestre na América Latina – são preocupantes:

  • 54% das 249 atrações avaliadas ofereciam contato direto com animais, como segurá-los para tirar fotos;
  • 35% utilizam comida para atrair os animais silvestres;
  • 11% ofereciam a oportunidade de nadar com animais silvestres.

Em Manaus, por exemplo, 18 operadoras de turismo oferecem a oportunidade de segurar ou tocar nos animais silvestres em 94% dos passeios – sendo que essa atividade é ativamente encorajada por 77% deles.

@cachorracarol

O problema desse tipo de passeio vai além das restrições de espaço a que os animais são submetidos. “O repetido manuseio, as condições precárias de bem-estar, a exposição contínua às fotografias com flash e os ambientes não naturais têm um impacto devastador sobre esses animais, que sofrem com estresse, doenças, lesões e até mesmo morte prematura”, ressalta a pesquisa.

Entre jacarés, cobras e botos cor-de-rosa, as preguiças estão no topo da lista de animais silvestres explorados pelo turismo na Amazônia. Na natureza, a expectativa de vida delas é 40 anos; no cativeiro, não sobrevivem mais do seis meses após a captura.

A vida não é mais fácil para espécies maiores. Atualmente, só na África do Sul, existem mais de 7.000 cativeiros comerciais de leões, por exemplo, em que o visitante pode acariciar filhotes e tirar selfies com os animais.

Por isso, acredite: uma foto que vale muitas curtidas para gente, custa uma vida inteira de sofrimento para eles.

* Com informações da World Animal Protection.

Saiba mais:

Por Que Shows Com Orcas São Cruéis

Por Que Não é Legal Nadar com Golfinhos

Carol Zerbato

Escrito por Carol Zerbato

Publicitária e ativista pelos direitos dos animais, Carol Zerbato já trabalhou com televisão e comunicação corporativa; foi locutora e repórter; e atuou como redatora e revisora. É criadora da Cachorra Carol - histórias em quadrinhos que retratam as relações humanos através do olhar de uma vira-lata, a fim de conscientizar a sociedade sobre a causa animal - e mãe de três filhos: Rachel, a mais velha, uma labralata; Deloris, a do meio, uma gata vira-lata adotada já adulta; e Ben, o caçula, um humano.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

Adaptação de Um Novo Animal em Casa

Por Que o Cachorro Tem Mania de Cavar Buracos?