in

AmeiAmei

Saiba os verdadeiros benefícios em caminhar com seu cachorro

Tem a rotina de passear com seu cachorro? Não? Então confira os benefícios em caminhar com seu cachorro.


É muito comum pessoas caminharem ou praticar algum esporte junto com seu cachorro, não é à toa que eles são considerados o melhor cãopanheiro. Dar um passeio ou fazer uma caminhada com seu cachorro pode ser um atividade física muito agradável, mas dependendo do temperamento do pet pode ser um momento estressante. Por isso, vamos falar sobre os benefícios em caminhar com seu cachorro, como ensinar comandos básicos para ele se comportar na rua e algumas opção de atividade física além da caminhada que vocês podem realizar juntos.

Sabia que caminhar com seu cachorro traz benefícios tanto para ele quanto para você?

Realizar caminhadas regulares com o cachorro devem ser incentivadas e é muito importante para:

– o desenvolvimento cognitivo
– reforçar a musculatura
– gerar boas experiências com outros lugares, cachorros ou pessoas
– ficar mais alegre e disposto
– aumentar a interação com o tutor
– gastar energia extra
– auxiliar o funcionamento gastrointestinal
– evitar ansiedade, estresse, obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares
– melhora na socialização do cão diversos ambientes e animais

Já para você as vantagens de caminhar com seu cachorro são:

– aos poucos você vai entrar em forma
– elimina calorias
– melhora a circulação
– alivia estresse
– menos riscos de diabetes
– aumenta a auto estima



Além disso, tem um benefício muito importante para vocês caminharem juntos: ter um tempo só para vocês dois. Mesmo que você já fique bastante tempo com seu cachorro em casa com brincadeiras, estar em um lugar diferente com um momento no dia no dia só para caminharem juntos seu cachorro vai perceber que você dedica alguns minutos só para passear com ele.

Comandos básicos para facilitar a caminhada

Já falamos da importância de ensinar comandos básicos ao cachorro desde pequeno.

Os comandos básicos de sentar, ficar, deitar auxiliam no desenvolvimento de atividades cognitivas e ele aprende a como agir.



Para realizar as caminhadas tranquilamente e o cachorro não puxar a guia vamos passar alguns treinamentos para você ensinar em casa antes de sair para o primeiro passeio:

– Ensine o comando de sentar
Os especialistas sugerem ficar de frente para o cachorro com a mão virada para cima, erguer o braço e dizer “senta”. Ao acertar dê uma recompensa.

– Exija autocontrole
O cachorro deve estar sentado e ao dar o comando “fica”, dê um passo à frente e não deixe o cachorro avançar junto. O petiscos deve ser dado apenas se o cachorro ficar parado.

– Ensine-o andar lado a lado
Coloque o cachorro sentado ao seu lado e comece a andar com a perna que está do lado dele. Diga “junto” e o recompense quando ele te seguir.

Atenção: nesses momentos de ensinamentos tenha paciência com seu cachorro e dê pausas para descanso.


Hora da primeira caminhada


Depois do seu cachorro aprender os comandos básicos já é hora de vocês iniciarem as caminhadas e ver na prática se seu cachorro irá obedecê-lo. Como todo tutor sabe que os cachorros têm uma atitude natural em demarcar território e isso fica muito evidente durante a caminhada, mas você não deve repreendê-lo.

Muitos cachorros tem o hábito de puxar a guia uma dica para acabar com esse puxa – puxa é você andar na frente do cachorro, e não, ao contrário como normalmente ocorre e parar de caminhar quando ele puxar a guia e dar continuadade quando ele parar de puxar.

O cachorro que ainda não tem o hábito de caminhar em lugares públicos também têm o hábito de avançar nas pessoas e muitos tutores deixam de passear com cachorro por conta disso. Para contê-lo um dica é aplicar nesse momento os comandos de “fica”, “senta” ou “deita”.



A caminhada deve ser em horários em que nas ruas ou parques tem menos gente e quando o Sol estiver mais fraco: de manhã ou após as 15hr. E não faça caminhada logo após o cachorro comer, espere pelo menos duas horas, para fazer a digestão. Caso contrário, há chances dele passar mal.

Tome muito cuidado para seu cachorro não escapar da guia por isso, veja qual a guia mais adequado para ele que depende do porte, idade e temperamento:

– Guia simples é mais recomendado para cachorros que já tem uma rotina de caminhadas e estão habituados com os passeios

– Coleira gentle leader ou mais conhecida como focinheira é recomendada para cachorros com temperamento mais agressivo e agitado. Lembrando que o uso de focinheira é obrigatório em locais públicos vale, segundo a lei estadual (Lei nº 11.531 de nov/2003), cachorros das raças: american staffordshire, pitbull, rottweiler, bull terrier, mastim napolitano e raças derivadas ou variações de qualquer das raças indicadas só podem circular se estiverem equipados com coleira e guia curta (até 2m) em locais públicos. Em centros comerciais e parques, é obrigatório também o uso de focinheira.

– Enforcadores é indicado para cachorros que ainda estão em treinamento de caminhadas com seu tutor.

A DogOne Adestramento não aceita o uso de enforcadores, pois já foi comprovado que faz mal ao cão, alguns motivos: o nome já é um dos motivos, enforca o cão, e cães com tendência a terem displasia o enforcador aumenta mais ainda essa propensão.

– Guia peitoral é um modelo considerado muito seguro para o cachorro e recomendado para cachorros que já seguem o ritmo do tutor.

Não gosta de caminhadas? Que tal outras atividades?


Você não gosta de caminhadas, mas sabe que faz bem para a saúde a prática de atividade física. Então, para você vamos dar algumas sugestões de atividades que você pode fazer junto com seu cachorro:

Agility
Um sugestão é ir em locais como parcão ou cachorródromos que oferecem um circuito com obstáculos: rampas, túneis.

Canicross
É uma corrida que ocorre entre cachorro e o tutor em meio a natureza em diferentes trilhas.

Frisbee (disco)
Arremessar frisbee para o cachorro buscar e essa atividade é uma opção para variar um pouco do que apenas buscar a bolinha, por exemplo.

Dicas para fazer caminhadas corretamente

Nada de sair caminhando com seu cachorro em dias muito quentes, nem sair uma vez e depois nunca mais. Como sabemos algumas raças de cachorro são mais ativas do que outras, por exemplo, um Border Collie tem mais energia do que um Buldogue. Além disso, é preciso considerar se o cachorro está obeso, se precisa de cuidados com a articulação etc.

Se você tem dúvidas sobre o condicionamento físico do seu cachorro pesquise bastante ou consulte um veterinário.



Para fazer uma caminhada corretamente lembre-se de:

1) sempre respeitar o seu ritmo junto com o ritmo do cachorro afinal, vocês estão juntos.

2) inicie com caminhadas de 10 minutos e vá aumentando com o passar dos dias

3) criar uma rotina que você consiga manter porque a frequência de caminhadas é mais importante do que passear uma vez a cada 15 dias, por exemplo.

4) não esquecer de levar uma cata-caca

5) levar garrafinha de água

6) tornar esse momento especial entre você e seu cachorro

Depois de saber de todos esse benefícios já está mais animado em caminhar com seu cachorro? Então, não perca tempo.


artigo-desktop-2


Fonte consultadas:

DogOne Adestramento

O que você achou??

2 points
Upvote Downvote
Equipe Petiko

Escrito por Equipe Petiko

Para pessoas que amam seu pet. Feito por pessoas que amam os seus.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

12 sinais que sofre da Síndrome de Felícia: agressão fofinha

12 cachorros que não vão passar o Dia dos Namorados sozinhos