Xixi e Cocô: 15 Dicas para Facilitar o Acerto do Seu Cão

in ,

Tem problemas com os locais em que seu pet faz suas necessidades? Xixi e cocô: veja 15 dicas para facilitar o acerto do seu cão

Os cães naturalmente procuram superfícies absorventes e lugares longe de onde comem e dormem para fazerem suas necessidade.

Mas, apesar disso, não podemos simplesmente assumir que eles aprendam sozinhos a fazerem as necessidades exatamente no local que nós queremos.

É preciso ter muita paciência com eles, pois independente da idade ou raça, todos podem aprender.

Basta que ensinemos!

Então, aqui vão algumas dicas para treinar com seu cachorro e facilitar o acerto das necessidades dele em casa.

Xixi e Cocô: 15 Dicas para Facilitar o Acerto do Seu Cão

  • #1 Escolha do local adequado

O local do “banheiro” escolhido deve ser longe da caminha/casinha do cachorro e dos potes de água e comida.

Deve ser pouco movimentado (sem trânsito constante de pessoas), afastado da porta e preferencialmente um local fácil de limpar.

  • #2 Restrição de ambientes

Restringir os ambientes que o cão pode ficar ajuda a facilitar o acerto nas fases de aprendizado, principalmente, quando ele não puder ser supervisionado.

No começo, quanto mais cobertura (tapetes higiênicos ou jornais espalhados) no espaço destinado a ele, melhor.

  • #3 Evitar acesso a tapetes e outras superfícies absorventes durante o aprendizado

Já que os cães naturalmente procuram superfícies absorventes para se aliviar, evite durante o período do aprendizado deixar tapetes e outras superfícies ao acesso do cachorro na casa, pois esses locais induzem o cão ao erro.

Foto: Pixabay
  • #4 Verificar se o problema não apareceu como consequência de outro

Se o cachorro tem problemas com xixi e cocô é muito comum que possa haver também algum outro tipo de problema comportamental.

Como por exemplo, a ansiedade de separação.

Assim sendo, de nada adiantará treinar apenas o xixi e cocô sem cuidar dos outros problemas antes.

Por isso, o melhor a se fazer é procurar ajuda profissional para solucionar todas as questões e obter um aprendizado de qualidade.

  • #5 Elogiar e recompensar insistentemente os acertos

Toda vez que você ver seu cão se aliviar no local correto ou pelo menos em uma das superfícies que você disponibilizar pela casa, elogie-o imediatamente.

Neste momento, o uso de petiscos pode ser ainda mais significativo para o cão.

Mostrando a ele que você está feliz com aquilo e que ele está fazendo a coisa certa.

Foto: Pixabay

Isso com certeza aumentará as chances de ele procurar fazer naquele local, por saber que algo bom pode vir em seguida.

Lembre-se de recompensá-lo imediatamente após o ato.

  • #6 Supervisionar e observar 

Tentar, sempre que possível, supervisionar o cão, observando quando ele começa a cheirar muito.

E quando parece que irá fazer as necessidades para que você possa conduzi-lo ao local correto.

  • #7 Alimentação nos locais de erro 

Se há um local que seu cão costuma errar repetidamente, você pode tentar fazer com que ele passe a comer e a beber ali.

Isso o ajudará a parar de errar naquele local específico.

  • #8 Enriquecimento ambiental

É muito comum os cães se distraírem com os tapetes higiênicos e jornais destinados às necessidades e acabarem destruindo os mesmos.

Não é pirraça, como muitos pensam!

É simplesmente algo de diferente no ambiente que parece interessante ao cão quando não há nada melhor para fazer.

Ou quando o mesmo não tem outras opções mais legais, e então, o tapetinho é o primeiro item que ele vai morder.

Foto: @fridabagunceira

Por isso, é importante o enriquecimento ambiental.

Assim, o cachorro terá opções variadas para roer, brincar e se entreter.

Ainda mais quando estiver desacompanhado, e se esquecerá do tapetinho.

  • #9 Passeios frequentes

Os passeios ajudam, tanto para evitar destruições, pois o cão gasta energia acumulada, como para diminuir a quantidade de necessidades em casa.

  • #10 Prestar atenção nos horários que seu pet costuma ir ao banheiro e horários de alimentação

Isso pode ajudar a “prever” os horários que o cão irá fazer as necessidades.

E, então, conduzi-lo ao local correto para evitar possíveis erros.

  • #11 Mais tapetes higiênicos/ jornal pela casa toda no período da aprendizagem

Durante o aprendizado é preciso ter paciência com a sujeira e bagunça.

Nesse momento, quanto mais tapetes ou jornais espalhados pela casa, melhor. Se for um cãozinho macho, há objetos vendidos em pet shops especiais para que ele “mire” e faça suas necessidades. São espécies de cones que podem ser colocados sobre os tapetes higiênicos.

  • #12 Jamais brigar quando o cão fizer no local errado

O principal motivo pelo qual não devemos brigar quando houver erros é que o cão não entende que está errando o local.

É comum que após algumas broncas na hora das necessidades, os cães passem a ter medo de fazê-las na nossa frente.

 Associando que o erro foi só por fazê-las e não pelo local, e, então vão procurar lugares e horários escondidos para fazer (normalmente nos lugares que não queremos).

Foto: Pixabay

Ou pior, podem começar a não fazê-las de maneira nenhuma e isso trará problemas sérios para a saúde deles.

Portanto, aquela história de esfregar o focinho dos cães no local que fizeram errado, já está mais que confirmada que não ajuda em nada!

Só faz o cão ficar inseguro e ele não aprende o local correto.

  • #13 Limpeza adequada do local dos erros

A limpeza profunda do local dos erros é muito importante.

Use removedores de cheiro/removedores enzimáticos encontrados em pet shops ou casas de limpeza;

Pois os produtos comuns não tiram completamente o cheiro do local, deixando resquícios que ainda são perceptíveis ao faro dos cachorros.

Também é necessário limpar o mais rápido possível o local do banheiro escolhido.

Pois cães são animais higiênicos nesse sentido e muitos não repetirão o mesmo lugar se ainda estiver sujo.

  • #14 Cheiro das próprias necessidades dele ou de outros cães 

Colocar as próprias necessidades do cão ou de outros cães no local correto para deixar o cheiro como referência pode ajudar nos acertos.

  • #15 Auxílio profissional: programa completo de treinamento

Para um aprendizado mais completo e correto, procure auxílio de um adestrador/comportamentalista.

Esse profissional terá um programa completo de treinamento específico que ajudará na tarefa de fazer as necessidades no local correto, já que essas são apenas algumas dicas que irão ajudar no processo de aprendizagem.

E mais uma vez eu digo: tenha paciência com seu cão!

Não é de um dia para outro que ele irá magicamente fazer as necessidades no local que nós escolhemos.

E ele com certeza merece todas as chances do mundo até acertar!

Você tem dificuldades com o acerto de xixi e cocô do seu cachorro? Conte pra gente!

Rebeca Cianca

Escrito por Rebeca Cianca

Adestradora, Pet Sitter (babá pet) e Dog Walker (Passeadora de cães); Auxiliar Veterinária; Contínua estudante. Sempre buscando aprimorar seus conhecimentos em Comportamento e Saúde animal para uma melhor qualidade de vida dos nossos bichinhos de estimação.

Comentários

Leave a Reply
  1. Tenho uma cadelinha que adoptei, já faz dois anos no proximo mês e não consigo que faça os xixis e cocós na rua!😥
    Já teve uma adestradora qdo tinha 7 meses para me ajudar a educa-la, porque tenho 70 anos e não conseguia passea-la pois puxava mto. As licoes de adestramento resultaram, acalmou ligeiramente, mas qto a xixis e cocós nem houve ensinamento. Que seria com o tempo, à medida que fosse crescendo…e vai fazer 2 anos! Como calculam, desespero total. Li as v dicas, já li tudo possivel e nada me ajuda. Obgda💞🐾

    • Oi Maria! Acredito que a contratação de um profissional para o problema específico do xixi e cocô poderá ajudar muito! Já que o outro profissional, pelo que você disse, focou mais
      apenas nas puxadas durante os passeios. É preciso verificar a fundo qual o motivo de ela não conseguir fazer as necessidades na rua, se é por medo ou algum trauma. O ensino do comando “xixi” e uso de recompensas por ela estar fazendo no local correto, mesmo que ainda não seja na rua, ajuda bastante para o cão saber que aquilo é algo bom e para que repita mais frequentemente. Certas mudanças na rotina também podem auxiliar o aprendizado, como horários de passeios e alimentação…além da frequência dos mesmos. Acredito que um bom profissional poderá te orientar no dia a dia com um programa mais completo de treino, abrangendo tudo isso de maneira mais específica e conhecendo melhor o cão para saber qual método será mais adequado.

  2. Tenho um cachorrinho da raça yorkchaene já fez dois anos mas ñ tem jeito faz xixi por toda casa ñ sei mas o que faço, ultimamente estou colocando fralda nele mas tenho dó mas ñ vejo outra maneira ele se chama Mimo

    • Olá Angélica!
      Como disse no texto, é preciso verificar se o problema não está sendo consequência de outros. Mudanças na rotina, inserção de mais atividades, passeios e até castração podem ajudar no seu caso. Mas de qualquer forma, aconselho que entre em contato com um Adestrador comportamentalista de sua cidade, para que ele possa fazer uma análise mais profunda e te orientar mais precisamente no dia a dia para resolver essa questão, pois é possível que seu cãozinho aprenda sim, independente. da idade 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

Seu Pet Ilustrado: Como o Amor (e as Redes Sociais) nos Trouxeram Até Aqui

A Chegada de Luisinho