Aprenda Como Fazer seu Cão se Interessar Mais pelos Brinquedos

in

Seu cão não está achando muita graça nas brincadeiras? Aprenda como fazer seu cão se interessar mais pelos brinquedos aqui neste artigo:

Seu cãozinho não se interessa pelos brinquedos que você oferece a ele? 

Aprenda como fazer seu cão se interessar mais pelos brinquedos!

Certas atitudes suas podem mudar isso! 

Aprenda como fazer seu cão se interessar mais pelos brinquedos

Primeiramente, precisamos entender que de nada adianta o cachorro ter brinquedos de todos os tipos.

De todos tamanhos e cores, se eles só ficam jogados no chão, parados.

Afinal, brinquedo não brinca sozinho!

Diferente das crianças, nem sempre os cães se importam com os brinquedos logo de cara.

Às vezes precisamos construir neles o interesse por esses brinquedos, mas como podemos fazer isso?

7 dicas de como arrasar nas brincadeiras

1. Para estimular os cães

Podemos fazer sons variados com a boca enquanto movimentamos o brinquedo de um lado para o outro, atraindo a atenção e fazendo com que o brinquedo “fuja” deles.

2. Os brinquedos podem ajudar a canalizar o instinto de caça dos cães

E então, lembre-se: a presa nunca vai em direção à boca do predador e sim o predador que vai atrás da presa.

Por esse motivo, devemos brincar, dentro do possível, fazendo o brinquedo “fugir” do cachorro e assim despertando maior interesse na “caça”.

Foto: @irmaoscheetos

3. Fingir que estamos brincando sozinhos

E correr com o brinquedo também são boas formas de atrair a atenção do cão.

4. Chamar o cachorro pelo nome

Mostrando que ele está fazendo a coisa certa e que ficamos felizes quando ele demonstra interesse pelo brinquedo e escolhe interagir conosco é indispensável.

No momento que o cão mostrar o mínimo de interesse pelo brinquedo, devemos interagir mais intensamente com ele, elogiar e brincar mais animadamente ainda.

5. Mesmo fora das brincadeiras, devemos tentar dar toda atenção possível

quando o cachorro escolher pegar um brinquedo para interagir conosco.E procurar não interagir quando ele quiser “brincar de morder” as nossas mãos ou qualquer outra coisa que não deveria.

Isso é essencial, pois quando ele perceber que ganha nossa atenção assim que pega o brinquedo, vai tentar procurá-lo mais vezes para conseguir interagir com a gente.

6. Outra dica importante é não deixar todos os brinquedos espalhados

Não devemos deixá-los o tempo todo ao alcance do cão, pois assim, ele pode passar a ter menos interesse neles.

Quando deixamos algum brinquedo disponível por menos tempo ou só em momentos específicos, como os de treino e alimentação e de interação, o brinquedo tende a se tornar mais especial para o cão, principalmente se significar interação com você.

7. Os cães não se importam com o preço ou a qualidade dos brinquedos

Até objetos improvisados em casa podem ser divertidos para seu bichinho, no entanto, tente encontrar objetos de materiais que seu cão se interesse (e que sejam seguros).

Por exemplo, as bolinhas mastigáveis, os brinquedos que fazem barulho, os que são de cordas, tecido ou pelúcia (se assemelhando à caça), costumam ser mais interessantes.

Porém, isso varia de cachorro para cachorro, por isso, cabe a nós descobrir que tipo de brinquedo agrada mais nossos cães e estimulá-los sempre a brincar com eles.

Nem sempre os primeiros brinquedos que tentarmos vão dar certo, mas devemos continuar tentando diferentes tipos, materiais e interações.

Foto: @irmaoscheetos

Se mesmo assim, seu cão ainda não demonstrar interesse pelo brinquedo…

Outras formas de interação

Outra sugestão é tentar começar pelos brinquedos que envolvem comida, como por exemplo.

Ou os brinquedos recheáveis e de enriquecimento ambiental estimulam a capacidade cognitiva do seu cão.

E assim, ele pode se alimentar brincando e trabalhando a mente.

Esses últimos também são ótimos até para os cães que já gostam dos outros tipos de brinquedo.

As brincadeiras irão ajudar a diminuir a destruição de outros objetos.

…e irão proporcionar uma interação muito mais saudável entre você e seu cachorro.

Portanto, não desista! Seu cão mesmo adulto ou velhinho ainda pode (e deve!) brincar!

Basta usar tipos brinquedos que o atraiam estimulá-lo da maneira correta.

Gostaram das dicas? Qual brincadeira mais agrada seu dog? Conta aqui embaixo pra gente!

Rebeca Cianca

Escrito por Rebeca Cianca

Adestradora, Pet Sitter (babá pet) e Dog Walker (Passeadora de cães); Auxiliar Veterinária; Contínua estudante. Sempre buscando aprimorar seus conhecimentos em Comportamento e Saúde animal para uma melhor qualidade de vida dos nossos bichinhos de estimação.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

Cachorro Cansado nem Sempre é Garantia de Sucesso!!

Problemas de Pele nos Cães, Como Evitar?