Entenda Porquê a Quarentena Pode Causar Ansiedade em Pets

in ,

A ansiedade em pets pode desenvolver-se durante a quarentena. Veja como manter uma rotina saudável com seu amigão.

De uma certa maneira, a pandemia gerou um impacto muito grande sobre os humanos de todas as formas.

Tivemos que deixar de fazer tantas coisas e uma delas foi redução de passeios com os pets, e muitos estão trabalhando de home office, de qualquer forma os pets também sentem essa alteração de rotina.

Sem entender a mudança, eles também podem ser afetados e desenvolver quadros de ansiedade e depressão.

Saiba agora os principais motivos pelos quais a quarentena pode gerar ansiedade em pets

Mas, como assim Camilla, achei que meu pet iria gostar de ter a minha companhia todos os dias?

Como eu disse, seu pet não estava acostumado com essa nova rotina repentina, é claro que ele vai amar passar um tempo a mais com você, mas não é porque está em casa que vai poder dar atenção o dia todo a ele não é mesmo? E ele te vendo lá todos os dias em horários que ele estava acostumado a ficar sozinho, ele pode achar que está disponível para brincadeiras e passeios o dia todo.

De acordo com a veterinária Luana Sartori, essa mudança repentina pode gerar falta de apetite, recusa em brincar, agressividade, se lamber excessivamente e apresentar coceiras sem motivos são alguns dos sintomas de que algo não está bem.

E para aliviar esse estresse, o pet precisa gastar energia e, para isso, o tutor pode abusar da criatividade em brincadeiras.Uma dica é montar circuitos com petiscos dentro de casa para que o cão corra, caminhe e se exercite.

“Quanto mais energia ele gastar, menos estressado ficará”, afirma a veterinária.

Se os passeios estão mantidos, a regra é sempre limpar as patinhas com água e sabão neutro ao voltar para casa. “Jamais utilize álcool em gel para a higienização de qualquer animal. Água e sabão são eficientes e não colocam o seu melhor amigo em risco”.

Imagem: Reprodução Internet

Hábitos em casa

Sua presença em casa, pode gerar uma estranheza no seu pet, pois imagina só, todos os dias ele está acostumado em ver você saindo pra trabalhar e voltar final do dia, do nada você não sai mais pra nada praticamente, se nós estamos estranhando tudo isso, imagina nossos filhos de quatro patas.

Então, manter a rotina em casa é fundamental para que o animal não estranhe demais quando você voltar a trabalhar fora novamente. A permanência em tempo integral em casa, mimos e colo e atenção ao longo do dia podem causar problemas depois.

Imagem: Reprodução Internet

Precisamos pensar que a quarentena vai acabar um dia e em breve tudo voltará ao normal. As pessoas vão sair para trabalhar, passear, viajar e os nossos pets podem sofrer com a síndrome da separação. 

Para evitar sofrimento futuro, é preciso dar espaço para o seu filho de quatro patas e deixar ele de lado por algum tempo do dia. Assim ele pode não estranhar tanto essas mudanças.

Tudo que seu pet era acostumado a fazer dentro de casa, precisa continuar, como:

  • Alimentação correta;
  • Treinos e comandas;
  • Caso precise acalmar seu pet, pode colocar músicas calmas, já fiz isso e ajudou muito;
  • Massagem, rsrs! Sim, eles amam aquele momento da massagem relaxante.

É muito importante tente tornar essa rotina o mais parecida com a normalidade, ou seja, os horários para alimentação e brincadeiras devem ser os mesmos. 

Fazer com que seu pet entenda que, existe a hora de brincar, de se alimentar, de praticar exercícios físicos, de relaxar e de ganhar agrados vai te ajudar muito quando tudo voltar ao normal e ele não irá estranhar tanto essa nova realidade que estamos vivendo.

E o que você tem feito para manter uma rotina saudável com seu pet em casa?

Sugestão de leitura: Preciso Escovar os Dentes do Meu Cachorro?

Camilla Dias do snowdoguinhoo

Escrito por Camilla Dias do snowdoguinhoo

Engenheira Sanitarista e Ambiental, tenho um filho de 4 patas, o @snowdoguinhoo, um Akita Inu muito fofo, carinhoso e adora uma bagunça, Snow foi quem que me ajudou a enxergar o mundo e os animais de outra maneira, hoje sou vegetariana, amante e defensora dos animais.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

Raças Ideias para Cães de Apoio Emocional

Como Descobrir Se Meu Cachorro Tem Alergia?