Saiba Tudo sobre a Dermatite Alérgica a Picada de Pulga (DAPP)

in

Saiba aqui tudo sobre a DAPP, a Dermatite Alérgica a Picada de Pulga. Confira os sintomas, tratamento e prevenção para seu pet.

O seu animalzinho se coça o tempo todo?? Uma coceira insistente na qual você acorda durante a noite para dar bronca no seu animal??

Ele pode estar com uma enfermidade chamada DAAP, mas você sabe o que é isso?

Dermatite Alérgica a Picada de Pulga (DAPP)

Sobre a DAPP

A DAPP é uma dermatite alérgica a picada de pulga, e cães e gatos podem ser afetados, de qualquer raça e idade. Sendo ela uma das doenças dermatológicas mais comuns e podendo ocorrer em qualquer época do ano, porém sendo mais comum na primavera e no verão.

Na saliva da pulga existe uma proteína e os animais que são alérgicos tem sensibilidade a essa proteína e então quando esse animal começa a ter picadas intermitentes a alergia irá aparecer.

Foto: Canva

As pulgas se alimentam do sangue do animal que serve de seu hospedeiro, picando-o. São tão pequenas e às vezes não são fáceis de ver. Além disso, possuem uma capacidade de reprodução muito grande.

Texto relacionado: Conheça Tudo Sobre o Complexo Eosinofílico Felino

Principais sinais clínicos

  • Prurido (coceira) intenso
  • O animal pode se auto mutilar se mordendo para o alívio da coceira
  • Perda de pelo
  • Escurecimento nas áreas onde tem a perda de pelo
  • Animal pode começar a se esfregar no chão para o alivio das coceiras
  • As regiões mais acometidas são a região lombar e a cauda
  • Presença de vermelhidão, crostas e seborreia

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico e tratamento são realizados por um médico veterinário. Não é difícil se diagnosticar e a DAPP serve como um diagnóstico de exclusão para outras doenças.

A sua prevenção é feita com o uso de antipulga mensal e um manejo sanitário para poder evitar a proliferação das pulgas no ambiente.

Aspirar todos os tapetes, carpetes, sofás, cortinas e lugares mais frequentes de se encontrar o animal, além de lavar todas as mantas, camas, almofadas, onde o seu animal dorme, com água bem quente e um pouco de desinfetante.

Seu pet sofre com pulguinhas e coceiras? O que achou o artigo? Conta pra gente aqui embaixo!

Gabriella Guerreiro Granado

Escrito por Gabriella Guerreiro Granado

Sou estudante de Medicina Veterinária, sempre soube que queria trabalhar e cuidar de animais! Um louca por cachorro, vegetariana e ativista da causa animal.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

Mais artigos como este:

Cães e Gatos de Rua no Brasil

Preconceito Contra Raças de Cães: Você Sabia que ele Existe?