Pinscher: Saiba Tudo Sobre Essa Raça de Cachorro

in , ,

Mesmo sendo de pequeno porte, cabe muita fofura e uma enorme energia nesta raça.

Provavelmente você já ouviu a descrição “50% ódio e 50% tremedeira”, não é mesmo? Mas saiba que, apesar da fama de nervoso, Pinscher é uma raça extremamente amável e companheira.

Além disso, o Pinscher carrega consigo uma enorme missão: proteger sua casa e sua família de qualquer ameaça – não é à toa que sua fama de bravo é tão conhecida por aí!

Se interessou em saber mais sobre a personalidade do Pinscher? Continue a leitura e descubra como é a convivência com a raça, os cuidados necessários e, até mesmo, as diferenças entre os tamanhos do Pinscher (do 0 ao Pinscher miniatura). Confira:

A origem do Pinscher:

Primeiro, vamos falar sobre a origem deste cãozinho que vem conquistando humanos ao redor do mundo.

Pinscher: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno
Foto: Canva

Ao contrário do que muitos pensam, o Pinscher não tem ligação com a raça Doberman. Apesar da semelhança (mesmo com a grande diferença de tamanho), o Pinscher apareceu antes do que essa majestosa raça.

Segundo especialistas, a raça surgiu na Alemanha há mais de 200 anos – inclusive, existem registros em pinturas do século 17 onde é mostrado um cãozinho bem parecido com o Pinscher que conhecemos hoje.

Sua provável origem é um resultado do cruzamento das raças Dachshund (carinhosamente apelidado como salsichinha) e Galgo Italiano (também conhecido como Greyhound Italiano). Graças a este encontro, hoje podemos amar e cuidar do nosso querido Pinscher.

Como é a personalidade do cachorro Pinscher?

https://i2.wp.com/d1wfvaoxobvuy.cloudfront.net/wp-content/uploads/2018/03/06174735/shutterstock_401517757.jpg?w=1080&ssl=1
Foto: Canva

Apesar de serem considerados “esquentadinhos”, os cachorros da raça Pinscher são, na verdade, corajosos, valentes e muito protetores.

O instinto territorial do Pinscher é muito aguçado e, por isso, ele defende seu lar e seus tutores de qualquer possível ameaça, sem se importar com seu tamanho – mesmo sendo pequenos, são excelentes cães de guarda!

E não podemos esquecer da energia que o Pinscher possui! Os cachorros desta raça são superativos e precisam, constantemente, gastar energia para evitar o acúmulo de estresse e ansiedade. 

Outro detalhe interessante é que, apesar de ser um cachorro desconfiado por natureza, o Pinscher também pode ser muito sociável.  Para que isso aconteça, é importante incentivar a socialização – tanto com outros pets como com humanos.

Um bom exemplo é a pet influencer Bica, uma Pinscher que faz sucesso nas redes sociais com vídeos bem humorados, mostrando o dia a dia com sua família (incluindo uma gatinha chamada Lola e uma bulldog inglês chamada Madalena). Ela agora faz parte de um treinamento especial, para estimular o adestramento e a socialização – e você pode conferir tudo isso pesquisando por @mada_e_bica no Instagram, Tik Tok e YouTube!

Foto: @mada_e_bica

Mesmo sendo um pouco genioso, o Pinscher é muito inteligente. Por isso, com a ajuda de um treinamento é possível alcançar ótimos resultados no comportamento e na socialização do pet.

Convivendo com um Pinscher

Se você busca um companheiro amoroso e leal, com certeza, vai se dar bem com a raça Pinscher.

A primeira impressão que temos dos cachorros desta raça acaba sendo um pouco confusa:  eles podem ser marrentos e um pouco barulhentos (afinal, eles estão sempre em alerta e dispostos a avisar o tutor sobre determinadas situações). Mas isso nem se compara à fofura e ao companheirismo dos Pinschers!

A personalidade forte desta raça pode ser adestrada desde filhote. É preciso educar desde cedo para diminuir a intensidade da “raiva” e dos latidos na fase adulta – este cuidado aumenta o vínculo entre você e seu pet e torna o dia a dia muito mais tranquilo.

“Foi uma adoção inesperada! Eu sempre tive cachorros SRD de grande porte e, de repente, a mãe de um aluno apareceu com dois pinschers em uma caixinha na porta da escola. A sensação é única, o tutor do pinscher tem que saber que a atenção sempre terá que ser dividida, mas ainda assim  a confusão é certa, porque eles querem carinho ao mesmo tempo e são muito ciumentos.” afirma Ozeias, tutor do pet influencer @estopinha.capixaba e seu irmãozinho Catatau, que fazem um enorme sucesso nas rede sociais com vídeos engraçados e cheios de amor.

@estopinha.capixaba com seu irmão Catatau com os brinquedos do BOX.Petiko

No geral, tutores de Pinschers não medem elogios para descrever a convivência com seus amados cãezinhos, que enchem a casa de energia e felicidade.

@pequenosprincipes com o BOX.Petiko

Você pode conferir o depoimento exclusivo que as tutoras dos pet influencers @pequenosprincipes deram para a Petiko. No vídeo abaixo, elas contam um pouquinho sobre como é a rotina com três pinschers e o que considerar antes de ter um peludo desta raça. É só apertar o play!

Cuidados especiais com seu Pinscher

Por ser muito pequeno, isso torna o Pinscher um cachorro sensível e que merece alguns cuidados específicos.

Foto: Canva

Alimentação:
Todos os pets precisam ter uma boa alimentação. Mas, no caso dos Pinschers, é preciso consultar um médico veterinário para descobrir qual o alimento ideal. É importante que o alimento ofereça todos os nutrientes essenciais, sem agredir a saúde do sistema digestivo que é bem delicado.

Exercícios físicos:
Como vimos anteriormente, o Pinscher é um cachorro muito ativo e cheio de energia, que precisa se exercitar todos os dias. Brincadeiras dentro de casa ou passeios são ótimas formas de estimular o gasto de energia acumulada, garantindo mais saúde e bem-estar ao pet.

A saúde:
Como qualquer outro cachorro, é preciso se atentar à saúde do Pinscher e manter uma rotina de visitas ao médico veterinário para check-ups gerais. Algumas doenças características desta raça podem vir a aparecer, como a luxação de patela (comum em cachorros de pequeno porte) onde há o deslocamento do joelho; a dupla dentição que ocorre quando os dentes de leite não caem corretamente e, até mesmo, atrofia de retina progressiva (também comum em cães de pequeno porte) que prejudica a visão do cachorro.

Escovação dos pelos:
Os pelos da raça Pinscher são curtos e lisos, por isso, não requerem tantos cuidados. Mas, para evitar a queda de pelo, é importante manter uma rotina de escovação – uma boa solução é utilizar uma luva especial para remover o excesso de pelos do cachorro.

Unhas e dentes:
É essencial se atentar ao tamanho das unhas do cãozinho. Cortar as unhas regularmente (lembrando que é preciso ter cuidado nesta tarefa) evita que seu pet se machuque ao se coçar. Além disso, outro cuidado importante é criar uma rotina de escovação dos dentes desde que o cachorro é filhote. Assim, fica muito mais fácil garantir a saúde bucal do seu Pinscher.

Diferentes tamanhos do Pinscher
O pequeno porte é uma das principais características do Pinscher. Mas existem algumas diferenças entre tamanhos que podem variar entre Pinscher 0, 1, 2 e miniatura. Confira:

Foto: Canva

– Pinscher 0: considerado o menor tamanho da raça, ele costuma ter, em média, 15 cm de altura e pode pesar até 2,5 kg apenas;

– Pinscher 1: ele é um pouco maior que o Pinscher 0, chegando a ter de 20 a 25 cm de altura e pesar, em média, 3 kg quando adulto;

Pinscher 2: já este tamanho está próximo ao padrão da raça, com altura de 25 a 30 cm e pesando, em média, 4 kg quando adulto;

– Pinscher miniatura: é o maior tamanho da raça, chegando a ter 30 cm de altura e pesar, em média, 5 kg quando adulto.

Independente do tamanho, o Pinscher é uma raça cheia de amor e que, com certeza, vai levar muita alegria à sua casa.

Mas não se esqueça: caso você compre seu Pinscher ao invés de adotar, procure um canil ou criador seguro e de confiança, que não haja sinais de maus tratos aos animais.

Leia também: 10 Provas que o Pinscher É o Melhor Cão de Guarda

Conhecia a raça Pinscher? Gostou? Conta pra gente!

Equipe Petiko

Escrito por Equipe Petiko

Para pessoas que amam seu pet. Feito por pessoas que amam os seus.

Comentários

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

Presente de Natal Pet

O Que Se Passa na Cabeça de um Cachorro?