Pet idoso: dicas rápidas para cuidar do seu velhinho

in ,

Seu pet ficou idoso e você não sabe qual o próximo passo para cuidar dele? Calma, que neste conteúdo você vai conferir dicas rápidas sobre como manter a saúde do seu velhinho em dia. Confira!

Vamos conversar um pouco mais sobre nossos pets idosos? De uma forma bem simples e procurando sempre mostrar que a medicina preventiva é a melhor opção!

Algumas pessoas acreditam que o envelhecimento é um processo patológico, mas não; envelhecer faz parte do ciclo da vida e deve ser encarado de uma forma traquila, tanto pelo tutor quanto pelo médico veterinário.

Com a chegada da senelidade, algumas caracteristas são evidenciadas, como: focinhos grisalhos, redução no nivel de atividades, dificuldade de mobilidade, alterações cognitivas e desenvolvimento de problemas comportamentais. Na veterinária chamamos de senescência (mundaças deteriorantes que afetam negativamente a saude geral e a qualidade de vida do paciente sênior).

É preciso que o tutor tenha cuidados especiais com o pet idoso: check-up´s anuais ou semestrais no veterinário, cuidados maiores na alimentação e adequação do ambiente em que vive.

E quando meu pet é sênior?

Como cuidar de pet idoso
Foto: Canva

⚠️Cães tornam-se idosos quando atingem 75% da expectativa de vida e isso varia de acordo com o porte e a raça. Cães de pequeno porte atingem a terceira idade em média com 9 anos, já os de médio porte a partir dos 8 anos. Já cães de grande porte já são idosos aos 7 anos. Porém os nossos felinos são considerados idosos em torno de 10 anos.

⚠️Entre as doenças mais prevalentes em cães e gatos idosos, podemos citar: doenças articulares, doença periodontal, doença renal crônica, tumores/neoplasias, obesidade e diversas endocrinopatias.

⚠️Se você tem um pet idoso, lembre-se que os cuidados devem redobrar! Por isso, previnir sempre é o melhor caminho, assim você poderá aumentar a expectativa de vida dele, além de proporcionar qualidade durante sua velhice.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe nas redes sociais para que os tutores e tutoras de pets idosos saibam como dar os primeiros passos para garantirem qualidade de vida aos peludos na terceira idade!


Leia também:
7 Cuidados Essenciais com Gatos Idosos
Adoção de Cães Adultos e Idosos
Cães idosos: 5 cuidados na hora do banho
Você sabe qual melhor brinquedo para cachorro idoso?

Bárbara Porciúncula

Escrito por Bárbara Porciúncula

Médica veterinária formada pela ULBRA Canoas-RS. Pós graduanda em geriatria de cães e gatos pela Qualittas. Ênfase em medicina preventiva.
"Ajudo tutores a dar mais qualidade de vida aos seus Pets."

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

Família multiespécie: entenda o que é

Família multiespécie: você sabe o que é?

Curiosidades sobre o corpo dos cachorros

Curiosidades sobre o corpo dos cães