Síndrome e Cuidados com Cães Braquicefálicos

in , ,

Você tem um cão braquicefálico? Se liga nessas dicas e cuidados para ajudá-los!

Você sabe o que é um cão braquicefálico?

São aqueles animais que tem o focinho curto (achatado) como pug, bulldog inglês e francês, boxer, shitzu e pequinês. A anatomia cranial desses cachorros é diferente dos outros cães e com isso temos o encurtamento do focinho que acaba trazendo prejuízos a vida desses animais e principalmente em relação ao sistema respiratório que então se designa em uma enfermidade chamada Síndrome dos Braquicefálicos.

Foto: Canva

Conheça melhor os cães braquicefálicos e seus cuidados.

As principais características dessa síndrome são:

– Estenose de narina (diminuição do orifício nasal)

– Palato mole alongado

– Macroglossia (que ocorre quando uma animal tem a sua língua grande demais)

– Eversão dos sacos laríngeos

– Paralisa de Laringe

Suas principais manifestações ocorrem por meio de:

– Dificuldade para respirar, animal sempre ofegante e respirando pela boca

– Respiração ruidosa (ronco em excesso)

– Quando se observa a narina do animal o seu orifício nasal e muito pequeno e com isso o animal faz um grande esforço para puxar o ar

– Cansaço fácil e dificuldade para realizar exercícios

– Animal com tosse e engasgos recorrentes

– Desmaios

– Mucosas cianóticas (arroxeadas, azuladas)

– Dificuldade de regular a temperatura corporal

Foto: Canva

E então, por causa de todos esses sintomas e alterações, nós precisamos ter cuidados especiais com esses animais pois eles podem ir facilmente a óbito. Porém, existem cuidados que podemos ter com esses animais para amenizar esses sintomas, sendo eles:

– Evitar passeios longos e nos horários mais quentes do dia pois esses cães tem uma dificuldade em realizar a troca de calor com o ambiente e então o calor excessivo pode causar uma hipertermia

– Evitar locais muito fechados e abafados por muito tempo

– Sempre observar e quando o animal ficar muito ofegante tentar acalmar ele, deixar em um lugar mais fresco e arejado podendo até utilizar uma toalha úmida para ajudar na troca de calor com o ambiente

– Água sempre a vontade

– Animal ficou cianótico então ajude ele a se acalmar

– Controlar o peso desses animais também é muito importante pois a obesidade prejudica a respiração

– Ficar sempre de olho e tomar muito cuidado com os olhos desses animais pois eles são bem sensíveis e podem ter olho seco

– Não deixar os animais ficarem pulando de lugares altos pois eles têm propensão a problemas na coluna.

Algumas dicas muito valiosas são:

– Coleira peitoral em H

– Caminhas que tenham uma parte mais alta onde o animal possam apoiar sua cabeça ajuda na sua respiração

– O potinho desses animais precisa ser de porcelana, vidro ou cerâmica para evitar a acne canina

Leia mais: O Que Saber Antes de Ter Um Pug?

Você conhecia os cães braquicefálicos? Conta pra gente nos comentários!

Gabriella Guerreiro Granado

Escrito por Gabriella Guerreiro Granado

Sou estudante de Medicina Veterinária, sempre soube que queria trabalhar e cuidar de animais! Um louca por cachorro, vegetariana e ativista da causa animal.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

Mais artigos como este:

Otite Canina: O que é e Como Prevenir

Diferenças Entre um Husky Siberiano e Akita Inu