in

AmeiAmei OMGOMG InteressanteInteressante

3 coisas que seu cachorro pediria para você se ele soubesse falar

O seu peludo pode ter inúmeros pedidos para fazer, mas apostamos que essas 3 coisas todo cachorro pediria se ele soubesse falar.

Se você está aqui é porque temos algo em comum: nos preocupamos em dar aos nossos cães a melhor vida possível.

Não é para menos, um cachorro é realmente transformador e só quem tem sabe ao certo a alegria que eles trazem para uma família.

Mas por que, mesmo com as melhores intenções, nem sempre conseguimos ter cães realmente equilibrados?

Por que, mesmo dando todo amor e atenção, cães domésticos apresentam cada vez mais problemas de comportamento, ansiedade e estresse?

Será que temos feito algo errado?

A resposta está em entender a linguagem dos cães, porque eles falam de um modo próprio! Mas se o seu cachorro soubesse falar a sua língua por 1 minuto, certamente lhe pediria 3 coisas essenciais:

  1. Respeite meus instintos.
  2. Cumpra seu papel.
  3. Fique calmo!

Calma, ao longo dessa leitura eu vou explicar melhor esses três pedidos.

Você será capaz de enxergar seu cão se uma maneira inédita, ajustando pequenos detalhes que transformarão a relação entre vocês.

Quer matar a curiosidade? Continue lendo esse artigo e descubra as 3 coisas que seu cachorro pediria para você se ele soubesse falar!

 

#1. Respeite meus instintos.

 

Photo by Mitchell Orr on Unsplash

 

Seu cachorro lhe diria que um dos maiores erros que você pode cometer é assumir que ele sente e pensa como uma pessoa.

Humanizando seu cachorro você criará uma resistência em disciplinar ou corrigi-lo, porque terá medo de ferir seus sentimentos ou criar ressentimentos.

Sim, seu cachorro tem emoção, mas de uma maneira diferente da sua.

As emoções dos cães estão enraizadas no momento e são uma reação imediata ao que está acontecendo agora.

Seu cão não se arrepende do passado nem se preocupa com o futuro. Ele está ligado todo o tempo no presente e se preocupa com coisas do tipo: esta coisa é amigável ou uma ameaça? Devo lutar ou fugir?

Cães não possuem dimensões intelectuais, emocionais ou espirituais, eles vivem unicamente em um mundo instintivo. Cabe a você, como Líder, encontrar seu cão no mundo dele, em vez de tentar trazê-lo para o seu.

Mas como fazer isso?

– Todo cachorro reflete a energia do dono

Como os cães reagem instintivamente às coisas ao seu redor, eles também estão cientes das nossas emoções.

Quando estamos calmos, eles são tranquilos. Quando não estamos calmos, eles sentem nossa energia desequilibrada e, naturalmente, nos evitarão ou ficarão inseguros, ansiosos.

Em um bando de cães, os cachorros desequilibrados são rapidamente corrigidos ou, se eles não se equilibram, são rejeitados pelos demais. Isso é o que acontece na natureza deles.

Seu cachorro não pode exatamente lhe rejeitar, mas ele pode fazer todo o possível para lhe evitar quando você não estiver calmo.

 

E adivinhe? Eventualmente esse desconforto pode dar início a problemas de comportamento.

 

Como o seu cachorro é instintivo e vive o momento, você não poderá corrigi-lo como faria com uma criança por exemplo.

Mais eficaz que tentar “argumentar” com seu cachorro ou fazer apelos emocionais, experimente manter sempre uma energia calma e assertiva que o atraia instintivamente até você.

Quando vocês dois estiverem na mesma sintonia, recompense a energia e comportamento corretos, em vez de focar em repreender os errados.

– A raça tem influência sobre os instintos

Embora os instintos sejam comuns a todos os cães, suas raças às vezes podem afetar o comportamento de uma maneira superficial.

Cada raça foi criada para se destacar em tarefas específicas. Alguns cães foram criados para serem companheiros, outros pastores e alguns para serem protetores.

Isso significa que às vezes será necessário considerar os instintos específicos vindos da raça e aprender a trabalhar com eles.

Calma, você não precisará criar um rebanho de ovelhas para satisfazer os instintos do seu cão pastor. Basta identificar a necessidade e compensar o gasto dessa energia com atividades alternativas.

São esses exercícios que soam para o seu cachorro como um desafio físico e psicológico, fazendo-o sentir-se útil e valorizado.

 

Honrar os instintos mais fortes na raça do seu cão pode ser uma ferramenta poderosa para trazer o equilíbrio definitivo.

 

Percebe como isso contribui diretamente para a felicidade do seu cão?

 

#2. Cumpra seu papel.

 

Photo by Caleb Stokes on Unsplash

 

Se um cachorro não sente uma liderança forte de seus humanos, ele pode ficar desequilibrado. Isso levará a confusão, ansiedade ou agressão, além de problemas de comportamento diversos.

Grave isso:

“Um cão só pode ser realmente equilibrado e seguro quando sabe que há um humano ocupando a posição de líder.”

Ao trazer um cachorro para a sua vida, você fez a promessa de satisfazer suas necessidades, e ser um Líder forte satisfaz as necessidades psicológicas e instintivas mais importantes de um cão.

Você ocupa essa posição de uma forma clara para ele?

– O que acontecerá se ninguém ocupar essa posição?

Quando um cão não tem um Líder a seguir, ele tentará assumir naturalmente o controle da situação. A falta de uma liderança forte deixa os cães em um estado mental desequilibrado e eles farão o que for preciso para atender suas necessidades instintivas.

Se na natureza esse desequilíbrio pode causar caos em um bando de cães, o mesmo pode acontecer na relação entre humanos e cachorros.

O estado desequilibrado motivado pela falta de liderança pode resultar em todos os tipos de comportamentos indesejados, incluindo ansiedade, dominância, destruição, latidos excessivos e agressão.

Você conhece alguém enfrentando esses problemas?

 

O erro está em tentar corrigir esses problemas de maneira humana.

 

Por exemplo, tentando argumentar com nossos cães como faríamos com uma criança de cinco anos de idade: “Mamãe está muito triste com você” ou “Por que você fez xixi aqui?”.

Está errado. É óbvio que não podemos explicar coisas a um cão em termos intelectuais, afinal, aprendemos que os cães são seres instintivos.

 

Você só conseguirá mudar o comportamento do seu cachorro se a questão central “a necessidade instintiva de liderança forte” for abordada.

 

Por isso terceirizar a solução geralmente não funciona a longo prazo. Um adestrador pode minimizar o problema, mas ele retornará aos poucos porque não haverá uma liderança presente.

Outro erro comum é acreditar que liderar significa dar aos nossos cães nada além de carinho, talvez pensando que “o amor vai encontrar um jeito”.

Dar carinho a um cachorro que está perdido cria um desequilíbrio maior. Você apenas reforçará o comportamento negativo, quando tudo o que ele está buscando é direção e proteção de seu Líder.

Um ótimo passo é ler o artigo abaixo.

 

Relacionado: Construindo Regras, Limites e Limitações para o seu cachorro.

 

#3. Fique calmo!

 

Photo by Wesley Tingey on Unsplash

 

Como líder, é seu objetivo trazer seu cachorro para um estado de energia calma e submissa.

Tudo começa com você, sua energia, seu estado de espírito e sua abordagem.

Você é a fonte do estado de calma e submissão do seu cão, e seu cão está constantemente olhando para você para obter orientação.

Se sua energia é ansiosa, nervosa, excitada, irritada, frustrada ou alguma outra negativa, seu cão refletirá essa energia.

Se sua energia é calma e você é consciente desse estado, você ganhará a confiança do seu cachorro. Ele irá segui-lo e olhá-lo como um seguidor olha para um líder.

Por isso, se você encontrar um cachorro histérico na rua, tenha certeza que essa é a energia que ele tem recebido em casa.

Por outro lado, se o Dalai Lama resolvesse adotar um cachorro, ele provavelmente seria o mais equilibrado de todos, mesmo que o Dalai Lama não entenda absolutamente nada sobre comportamento canino!

– Como alcançar uma energia calma?

Se você está tendo problemas para encontrar essa energia calma e assertiva em você mesmo, sua melhor ferramenta é sua imaginação.

Incorpore um personagem que tenha energia calma antes de se aproximar do seu cachorro. Leve-o para caminhar nesse estado e você verá o efeito que isso tem sobre o seu cão.

Outra dica: a expectativa cria resultados. Por exemplo, se o seu cão puxa durante a caminhada, imagine-se caminhando com ele ao seu lado e imagine como se sente.

Qual é a sensação de caminhar com ele sem ter que constantemente puxar o seu cão de volta? Tente criar esse mesmo sentimento durante a próxima caminhada.

Comece aos poucos, fazendo o simples e comemorando cada conquista. Todo mundo leva um tempo para adquirir uma habilidade e quanto mais comemorações, maior será a sua confiança.

E lembre-se disso: você não é o único que quer ter sucesso em alcançar um estado de calma e obter um cão equilibrado. Seu cachorro quer que você tenha sucesso também.

 

Conclusão

 

Agora você conhece as três principais causas do desequilíbrio e problemas de comportamento na maioria dos cães:

– Os instintos básicos não são respeitados

– Existe falta de liderança

– A energia errada é projetada

Hora de ajudar quem precisa e está com um cachorro desequilibrado em casa! Compartilhe esse artigo e faça ele alcançar o maior número de pessoas!

P.S. Para aprofundar o conhecimento recomendamos dois artigos:

Relacionado: Seja um Líder exemplar para o seu cachorro

Relacionado: Construindo Regras, Limites e Limitações para o seu cachorro

O que você achou??

4 points
Upvote Downvote
Ruff Ruff

Escrito por Ruff Ruff

Em tudo o que fazemos nós acreditamos em desafiar o tradicional pensando o estilo de vida com nossos cães de forma diferente. Desafiamos o tradicional criando produtos muito bem projetados, feitos para durar e que proporcionam momentos especiais entre você e seu cão. Acabamos naturalmente fazendo produtos fora de série para cachorros, mas pensando no estilo dos donos. Quer conhecê-los?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Tudo que você precisa saber sobre petiscos para pet

Dorminhocos: qual a melhor foto de cachorro dormindo?