Alimentação Específica Para Cães Pequenos: Como Isso Funciona?

in ,

Além do porte, cada raça possui necessidades específicas que podem ser influenciadas pela nutrição

Para nós, humanos, a escolha dos alimentos que vamos consumir é um desafio, pois sabemos que a nutrição tem influência em nossa saúde. A escolha dos alimentos adequados e a quantidade a ser ingerida, muitas vezes, nos deixa em dúvida.

Em relação à alimentação do seu pet, você já deve ser se deparado com inúmeras dúvidas, diante das inúmeras opções de alimentação para o seu cão disponíveis no mercado.

Como saber qual é porte do meu cão, quando ele se torna adulto e quais as suas necessidades? Se meu cão tem uma raça específica, suas necessidades nutricionais são diferentes?

Saiba mais sobre a alimentação específica para filhotes:

Foto: Canva

É fundamental que a escolha do alimento para nossos pets seja bem feita, para que todas as suas necessidades estejam atendidas. Nós, tutores temos grande responsabilidade nisso, já que somos nós que escolhemos os alimentos que nossos pets vão consumir. Sem dúvida, queremos que eles estejam bem alimentados, mas principalmente que este alimento tenha influência positiva em sua saúde, bem-estar e longevidade.

Cães de pequeno porte possuem necessidades energéticas e nutricionais diferentes de cães de porte médio, grande ou gigante. Continue conosco para saber quais são as necessidades dos cães pequenos e o que muda entre as diferentes raças deste porte.

Índice de conteúdo:

Qual é a importância da escolha do alimento para cães de pequeno porte?

Foto: Canva

Os alimentos para cães de diferentes portes são elaborados de acordo com as especificidades de cada um, sendo miniatura, pequeno, médio, grande ou gigante, levando em conta suas principais necessidades, já documentadas cientificamente.

Há muito respaldo científico quando se fala sobre alimentação canina, e um exemplo é o artigo “Evaluation of eight commercial dog diets” (avaliação de oito dietas comerciais para cães), publicado no Journal of Nutritional Science.

Especificamente neste artigo, o objetivo era avaliar oito dietas de rações secas para cães e comparar os resultados com os que foram publicados na revista de uma associação de consumidores na França.

Os autores citam na conclusão que uma combinação de análises laboratoriais e estimativas de coeficientes de digestibilidade é o único caminho para fazer uma avaliação precisa e completa da qualidade de uma dieta comercial.

Ocorre que o coeficiente de digestibilidade dos alimentos é um dado que não está disponível nas embalagens dos alimentos para pets, o que torna o desafio da escolha do alimento ainda maior

O que extraímos disso é que a escolha dos alimentos para nossos pets é algo que deve ser feito com muita atenção por sua influência direta na saúde e qualidade de vida dos animais, como já comentamos em nosso artigo sobre a importância de uma boa alimentação para cães.

Cães de pequeno porte possuem algumas particularidades em relação aos cães de outros portes. Podemos citar, por exemplo, o fato de viverem a maior parte em ambientes internos, o que diminui o gasto de energia e os torna predispostos ao ganho de peso, sua pelagem necessita de cuidados e as fezes precisam ser bem formadas, com volume e odor reduzido. Cães que vivem em ambientes internos e são pouco ativos tem necessidade energética menor do que cães ativos.

A necessidade energética é calculada em kcal/kg (quilocalorias por quilo de peso), por isso o volume de alimento varia tanto entre cães de porte pequeno e cães de porte grande e gigante.

Ainda comparando os portes, cães de porte grande e gigantes tem um período de crescimento muito mais longo do que cães pequenos. Enquanto os pequenos se tornam adultos entre 8 a 10 meses de idade, os grandes e gigantes crescem até os 18 a 24 meses. Suas necessidades nutricionais nessa fase de crescimento são totalmente diferentes e ter essas necessidades atendidas com precisão é crucial para um bom desenvolvimento.

Quando adultos, as necessidades para manutenção de ossos e articulações de cães grandes são maiores em relação aos cães pequenos, enquanto temos uma preocupação maior com a manutenção da pelagem e saúde oral dos pequenos, o que já não é uma preocupação nos cães de grande porte.

O tamanho e formato do croquete do alimento para cães pequenos precisa ser adaptado ao tamanho da mandíbula e à sua mordida. Outro ponto onde o tamanho e formato do croquete influência é na saúde oral, já que uma característica dos cães pequenos é a predisposição para formação de cálculo dentário, conhecido como tártaro.

A conclusão que chegamos é que a nutrição adequada para cada porte é imprescindível para o crescimento dos filhotes e para os adultos, que têm necessidades diferentes. Não é apenas o tamanho do croquete ou da porção que muda, mas sim toda a formulação levando em consideração as necessidades conhecidas de cada porte.

E dentro das variedades de alimentos para cães de pequeno porte, a raça também importa?

Foto: Canva

Sim! Algumas raças possuem necessidades específicas que vão além das características comuns ao porte.

De acordo com Priscila Rizelo, médica-veterinária, coordenadora de comunicação científica da Royal Canin do Brasil, alimentos desenvolvidos exclusivamente para raças específicas são únicos e atendem suas reais necessidades nutricionais.

“Alguns aspectos são levados em consideração na formulação de alimentos específicos para raças. As características anatômicas, como a diversidade de formatos de cabeça, maxilas e mandíbulas das raças levam à necessidade do desenvolvimento de croquetes adaptados […]”, afirma.

Ela continua dizendo que os croquetes devem favorecer preensão, estimular a mastigação e promover um melhor aproveitamento do alimento e dá alguns exemplos interessantes, como os seguintes:

  • Raças braquicefálicas (com crânios largos em relação ao comprimento), como Shih Tzu e Buldogue Francês, podem ter dificuldade em capturar croquetes não adaptados no comedouro.
  • Cães das raças Yorkshire Terrier possuem mandíbulas muito pequenas e com pouco espaço entre os dentes, o que facilita o acúmulo de alimento, formação da placa bacteriana e, por consequência, maior predisposição a cálculo dentário. Portanto, os croquetes devem ter tamanho, formato, textura e densidade diferentes.
  • Cães da raça Pomerânia, ainda que de porte miniatura, podem apresentar predisposição genética à luxação patelar e as articulações podem ser sobrecarregadas por conta do sobrepeso. Por isso, seu alimento deve conter nutrientes que contribuam com uma ótima hidratação das cartilagens articulares, como ácidos graxos ômega 3, EPA e DHA, sulfato de condroitina e glicosamina.
  • Shih Tzus apresentam tanto predisposição a sobrepeso quanto a probabilidade de desenvolver urolitíases (cálculos urinários), o que também demanda uma formulação especial do alimento.
  • Yorkshire Terrier e Shih Tzu são raças de pelagem longa, ao passo que o Pomerânia possui dupla camada de pelos, o que também demanda cuidados especiais na alimentação, com proteínas de qualidade e nutrientes como aminoácidos, minerais, ácidos graxos, vitamina A e vitaminas do complexo B.

Esses são apenas alguns exemplos de como é importante optar não apenas pelo alimento para cães de pequeno porte, mas sim por uma que tenha sido desenvolvida especialmente para a raça do seu pet, levando em consideração as suas necessidades específicas.

Como escolher o melhor alimento para cães de porte pequeno?

Foto: Canva

É ideal que você opte por alimentos desenvolvidos por empresas sérias e de confiança que contam com profissionais capacitados, pois se dedicam há anos no estudo e desenvolvimento de alimentos especiais para nossos cães. Estes alimentos levam em consideração todas as características de cada pet como o porte, a raça e suas especificidades nutricionais e também dão atenção à segurança e qualidade dos alimentos. A escolha da alimentação adequada atende as necessidades do seu cãozinho garantindo para ele uma melhor qualidade de vida, saúde e bem estar.

Podemos citar, por exemplo, a Royal Canin uma empresa que existe desde 1968 e, portanto, tem mais de 50 anos de experiência em nutrição e saúde de animais de estimação tendo embasamento científico na formulação de seus alimentos, o que a coloca como uma excelente escolha para quem deseja oferecer o que há de melhor ao seu animal de estimação.

A linha Breed Health Nutrition® conta com fontes de proteínas de alta qualidade, nutrientes exclusivos e croquetes projetados com formato, tamanho e textura específicos para as estruturas faciais e mandíbulas de cada cão e padrões de mordida, ou seja, foi pensada nos mínimos detalhes.

Se você estava em busca do alimento específico para Yorkshire Terrier,  Shih Tzu e Pomerânia, a linha Breed Health Nutrition® tem produtos desenvolvidos especialmente para essas raças, o que te deixará tranquilo com a certeza de que está oferecendo o melhor e mais específico alimento para os cães destas raças.

A adaptação ao novo alimento, inclusive, não tende a ser um problema, já que pode ser feita de uma maneira gradual e tranquila para aumentar a aceitação por parte do seu pet. Confira nosso conteúdo sobre como mudar a ração do cachorro por outro tipo de alimentação para maiores informações.

Ah, lembra quando comentamos recentemente por aqui sobre a importância do mix-feeding, estilo de alimentação que combina as texturas de alimento seco e úmido? Pois bem, essa linha da Royal Canin está perfeitamente alinhada com o conceito, já que oferece produtos nas duas apresentações!

Além disso, as embalagens trazem sugestões de tamanhos da porção de acordo com o peso do seu pet e seu nível de atividade. Assim, ele será alimentado na proporção certa e terá toda a energia e os nutrientes de que precisa para um desenvolvimento saudável.

Agora que você já sabe da importância do alimento para cães de diferentes portes e inclusive para raças específicas, fique atento a alimentação do seu cãozinho! Também temos alguns artigos falando sobre a obesidade e outros distúrbios alimentares, use a busca para encontrar o assunto. Escolha atentamente o alimento de seu pet, desde a empresa fabricante, linha de produtos e especificações!

Uma boa recomendação é conhecer os produtos de Royal Canin e sua linha Breed Health Nutrition e desfrute de todos os benefícios que ela tem a oferecer ao seu pet. Vocês vão amar! Até a próxima. 🐾❤

Leia também: Descubra Como os Cães Aprendem as Coisas!

E aí? Sabia dessas dicas? Conta pra gente!

Equipe Petiko

Escrito por Equipe Petiko

Para pessoas que amam seu pet. Feito por pessoas que amam os seus.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

4 Coisas que Você Pode Fazer Para Seu Cachorro Viver Mais

Você Entende Seu Cachorro?