Leite Materno Caseiro Para Filhotes De Cães E Gatos

in ,

Resgatou um animal filhote e não sabe como alimentá-lo? Saiba aqui o que fazer:

Leite materno e caseiro para filhotes: como fazer?

Olá pessoal, hoje vou falar de um tema que muitas pessoas já me pediram ajuda pelo Instagram que é o seguinte:

Elas encontram e resgatam filhotes pequenos, que estão em fase de amamentação e não sabem o que podem dar para o animalzinho.

Em cidades maiores é só ir a uma clínica veterinária e comprar um Pet Milk ou similares e dar na seringa ou mamadeira, é uma solução em pó que você mistura na água.

Orientamos aqui o que fazer no caso de resgate em cidades menores, ou à noite (quando não tem nada aberto) e nos finais de semana e feriados.

Além disso você pode usar essas dicas no caso da mãezinha que morre no parto, quando há um número muito grande de filhotes, ou quando a ninhada tem filhotes ficando fraquinhos e várias outras situações que ache necessário.

Reprodução: Internet

Vou deixar duas receitinhas que aprendi.

Uma delas com a Dra. Sylvia do site Cachorro Verde, em um curso que realizei.

Receita 1:

Para cães:

  • 1 xícara de leite integral (de preferência de cabra ou ovelha)
  • 1 pitada de sal
  • 3 gemas de ovos (sem as claras)
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva extra-virgem
  • 1 dose de suplemento vitamínico mineral (Nutrifull, Aminomix, Puppy Dog, Nutricare ou similares)

    Reprodução: Internet

Para gatos:

  • 2 xícaras de leite integral (se possível, de cabra)
  • 2 ovos grandes
  • 5 colheres de chá de pó de proteína (de fontes animais)
  • 1/8 de colher de chá de pó de casca de ovos
  • 2-3 gotas de limão
  • O equivalente à dosagem de um ou dois dias de complexo vitamínico para um gato adulto, em pó ou em comprimido, porém triturada (para melhores resultados, recomendo associar dois, se possível: Lysin Cat e Promun Cat).

 

Foto: Pixabay

Preparo:

Misture bem os ingredientes. Aqueça a mistura à temperatura do corpo e ofereça usando mamadeira de boneca, conta-gotas, seringa ou mamadeira própria para filhotinhos. É importante que o leite seja oferecido sempre aquecido.

Para isso coloque a mamadeira dentro de uma panela com água quentinha (não muito quente). Mas atenção: precisar ficar à temperatura do corpo, caso contrário, o leite provocará queimaduras na boquinha e no esôfago do filhote. Para evitar acidentes, não use o microondas para aquecer a fórmula. Antes de oferecer, pingue algumas gotas na parte interna de seu pulso ou afira a temperatura usando um termômetro. A fórmula deve estar a 38 ºC.

Observações:

Se não for possível comprar leite de cabra integral, procure optar por leite A integral de vaca, não submetido ao processamento UHT – como os das marcas Xandô ou Leite da Fazenda. São opções mais “puras” e nutritivas, com um perfil de proteínas mais adequado às necessidades de carnívoros como os cães e os gatos.

O pó de proteína é um opcional que, como o próprio nome explica, aumenta os níveis proteicos da fórmula. Escolha um produto à base de albumina, sem sabor, composto por 80% de proteína de origem animal. Produtos similares à base de soja não são adequadas para filhotes. A proteína em pó pode ser comprada em lojas de suplementos para atletas.

As gotas de limão também são opcionais, mas elas ajudam a acidificar a fórmula, o que potencializa a absorção do cálcio do pó de casca de ovos no intestino do filhote.

Caso prefira optar por uma fonte de cálcio diferente, como gluconato ou lactato de cálcio, consulte um médico-veterinário para determinar a quantidade a ser oferecida. Não suplemente o cálcio sem o devido conhecimento.

O excesso de cálcio faz mais mal do que uma leve deficiência neste mineral. Vale lembrar também que o cálcio porventura presente em complexos vitamínico-minerais para cães e gatos geralmente não contém esse mineral em quantidade suficiente.

Texto relacionado: Como sobreviver às primeiras 24 horas com seu filhote

A segunda receita é mais simples, pesquisei no Google, para casos de mais urgência mesmo.

Receita 2.

  • 800ml de leite integral
  • 200ml de creme de leite
  • 4 colheres de sopa de Calcigenol
  • 1 colher de sopa de Vitaminer líquido

Até os 15 dias de idade, adicionar também uma colher de sopa de óleo de fígado de bacalhau; suspendendo-o após este período.

Da terceira até a quarta semana de vida, engrossar o leite, utilizando três colheres de sopa de leite em pó para um copo de leite de vaca.

Como oferecer as suas receitas:

Ofereça apenas o suficiente para aumentar discretamente o abdômen, sem distendê-lo.

Na primeira semana, ofereça a mamadeira, seringa, entre outros, de 2 em 2 horas, depois na segunda e terceira semana de 3 em 3 horas, e na quarta semana de 4 em 4 horas, começando a introdução de papinhas, e na quinta semana a papinha com a introdução de ração.

A posição que você oferece a mamadeira é de extrema importância, você deve oferecer do mesmo jeito que os filhotes mamam em suas mãe, e não como os bebês humanos de barriga para cima.

Oferecer a mamadeira como oferecemos a bebês humanos, pode causar a morte do filhote.

Cuidados pós mamada:

A mãe de cães e gatos não tem apenas a função de alimentar, ela também auxilia no xixi e no cocozinho, consequentemente na higiene e trânsito intestinal do filhote, logo você também terá que fazer essa parte.

Massageie gentilmente a barriguinha do filhote para estimular o trânsito intestinal. Com um algodão limpo embebido em água morna, esfregue gentilmente a região genital e anal. Com isso você imita a mamãe, que lambe essas regiões para estimular a micção e a defecação nos filhotes.

Colocar os filhotinhos para arrotar também pode ser uma boa, já que não sabemos a quantidade de ingestão de ar na mamada.

Atenção:

Ficar atento se o filhotinho está sofrendo de diarreia ou constipação, nesses casos precisa levar ao veterinário para maiores cuidados.

Aqui estão sendo passados cuidados para situações de emergência, para orientar pessoas que estão sem saber o que fazer naquela situação específica e não agir pode levar os animais a óbito.

Porém, não estamos incentivando de forma alguma, você a não pedir orientações ao veterinário.

Você já resgatou um filhote de cão ou gato? Quais foram os cuidados que você tomou com a alimentação? Conta aqui pra gente!

Fontes:

Cachorro Verde

Tudo Sobre Cachorro

Adotei Um Pet

Escrito por Adotei Um Pet

Letícia Lara, mãe de 40 cachorros e 4 gatos, dona do Instagram @adoteiumpet, adoro compartilhar a rotina dos meus pets, dar dicas e otimizar os cuidados com cães e gatos com base nas minhas experiências.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

10 Curiosidades Sobre O Lulu da Pomerânia

Fogos de Artifício: Como Proteger Seus Animais