Mãe de Pet Também É Mãe!

in

‘’Não nasceu de mim, mas nasceu pra mim. Ele me completa!”, texto para mãe de pet:

Já ouviu aquela famosa frase, ‘’você trata seu cachorro como se fosse filho’’?

A resposta é SIM! hahaha

Mãe de Pet Também É Mãe!

Não é como se fosse, é meu filho. Um filho que dá trabalho, que dá despesas, que fica doente, que às vezes até faz birra e cara de dó, rsrs. Mas, também que se preocupa com você e te dá muito amor e carinho.

Hoje os animais fazem parte das nossas vidas, muitas acham exageros dizer que fazem parte da família, mas a relação mudou nos últimos anos, eles saíram do quintal para viver do dentro de casa.

Eles dormem, acordam, brincam, têm a hora do passeio, hora da alimentação e até a hora da creche para os mais agitadinhos que precisam gastar energia. Tudo tem um custo básico, tem ração, anti-pulgas, remédios e consultas. Fora adestramento, brinquedos, acessórios, hotel quando a família viaja e outros extras. Tudo isso envolvendo muito amor, gratidão e uma alegria enorme ao voltar para casa.

Snow, me fez acreditar que todos os animais possuem sentimentos e precisam de carinho, hoje vejo a vida de outra maneira, sou vegetariana graças ao amor que ele me transmitiu desde o primeiro dia que peguei ele, desde então não sei viver sem. Como pode um ‘’serzinho’’ mudar tanto a vida de uma pessoa né?!

‘’Não nasceu de mim, mas nasceu pra mim. Ele me completa!”

Então, a todas as mamães de pet, não se sintam constrangidas pelas outras pessoas que vivem falando que ser mãe de pet não é ser mãe, se o seu filho de quatro patas te completa é o que basta, eles só querem todo seu amor e carinho de volta!

@snowdoguinhoo

Vocês sabiam que o hormônio chamado ocitocina, muito conhecido como hormônio do amor, está está presente em diversas espécies sociais?!

Assim como o ser humano, cães são animais que vivem em grupo. A vida social pode trazer benefícios e custos a todas as espécies sociais.

Os benefícios acabam sendo maiores para o caso de cães e seres humanos. Para a manutenção das relações e do grupo, há a liberação desse hormônio no cérebro. Assim, os indivíduos sentem prazer de estar na companhia do outro, sem vontade de se distanciar.

Quando conhecemos alguém especial e nos encantamos com ela, há uma liberação intensa de ocitocina no nosso cérebro. É por isso que nosso coração bate mais forte e sentimos borboletas no estômago quando vemos quem nós amamos.

Tudo isso é uma estratégia para que a relação se mantenha e o investimento nela perdure. Como consequência, queremos estar ao lado daquele da pessoa amada a todo instante. Qualquer cinco minutos longe parece uma eternidade não é mesmo?!

Na Universidade de Skodve, na Suécia, foi investigar a fundo esse assunto e analisou não só o olhar como também a demonstração de carinho dos pets, seja em uma lambida ou outra reação, e não só constatou o aumento de liberação de ocitocina, como também comprovou a queda de cortisol (relacionada ao nível de estresse) e batimento cardíaco. Ou seja, famílias que criam pets em casa são pessoas menos estressadas e mais felizes em seu dia a dia.

E realmente, nada melhor do que chegar em casa após um dia cansativo de trabalho e ser recebido por um ‘’serzinho’’ abanando o rabinho, todo feliz em ter você de volta não é mesmo?!

@snowdoguinhoo

Camila, esse hormônio só acontece com pet?!

Não! Esse hormônio, ocorre quando é mamãe e papai de filho biológico ou adotado ou filho de quatro patas.

‘’Mãe de cachorro, mãe de gato, mãe de humano, mãe é mãe. É aquela que alimenta, protege, cuida, defende, dá bronca, dá carinho, ensina, brinca, ri junto e ama, acima de tudo. Um amor incondicional que não se explica com palavras.’’

Tudo isso para dizer que cães liberam o mesmo hormônio que os bebês, em seus pais ou tutores.

É a prova científica de que mães de pets podem comemorar o dia das mães sem culpa! rsrs

Você também é mãe de pet? Compartilhe sua história com a gente.

Camilla Dias do snowdoguinhoo

Escrito por Camilla Dias do snowdoguinhoo

Engenheira Sanitarista e Ambiental, tenho um filho de 4 patas, o @snowdoguinhoo, um Akita Inu muito fofo, carinhoso e adora uma bagunça, Snow foi quem que me ajudou a enxergar o mundo e os animais de outra maneira, hoje sou vegetariana, amante e defensora dos animais.

Comentários

Leave a Reply
  1. Minha filhinha de 4 patas, chegou na minha casa há 6 anos e logo em que bati os olhos nela foi amor a primeira vista. É um amor incondicional e recíproca, é a razão de meu viver,não me vejo sem ela é minha amiga fiél! Imprecionante como entende meus sentimentos, qndo estou triste, enferma, não sai de perto de mim,sinto que é um amor verdadeiro, sincero mto maior do que um ser humano.Amooo mtooo! Susi é o amor da minha vida.

  2. Minha filha é SRD, foi resgatada é nossa primeira e ficamos tão apaixonados!!Só viajamos com ela, ela tem td do melhor, nunca senti um amor como esse 💘, ela me dar um pouquinho de agonia, é alérgica a frango, não gosta de beber água (toma na siringa), inclusive água de coco, enjoa os biscoitos só dou os assados sem glúten, td faz mal se eu percebo que ficou mais quietinha já não durmo, enfim não entendo como alguém pode maltratar estes anjos

  3. Que bacana ler isso! Acabei de ver um filhote, e estava refletindo exatamente sobre tudo o que vc disse. Nossa, eu nem estou com ele ainda, mas estou apaixonada. Sinto como se fosse meu filho. Fico imaginando ele agora comigo rs…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

Meu Cachorro Enjoa Fácil de Ração. E Agora?

Periodontites x Higiene Bucal dos Pets