Quais São os Benefícios dos Petiscos Para Cães?

in ,

Entenda mais sobre o assunto e tire suas dúvidas!

Há aqueles que pensam que os petiscos para cães são ótimos para os pets, enquanto outros falam que petisco para cachorro faz mal. E aí, quem será que está certo neste embate alimentício?

Se você também tem alguma dessas dúvidas, fique tranquilo, pois não é o único. É comum não saber como se deparar com a questão e, então, ficar em cima do muro no que diz respeito a dar um petisquinho ou não.

Caso esteja nessa situação, saiba que veio ao lugar certo!

Vamos entender melhor no que o consumo desse tipo de alimento interfere na saúde dos cães e, então, conhecer os benefícios obtidos por tal escolha.

O que são os petiscos para cães?

Antes de mais nada, precisamos entender o que é este termo tão comum entre os tutores e mesmo quem não conhece tanto sobre os pets, mas que nem sempre paramos para pensar no que significa.

Embora não haja uma definição específica, pode-se dizer que os petiscos são alimentos “esporádicos”, diferentes da ração, esta sim a principal fonte nutritiva para os pets, que reúne as vitaminas, minerais, proteínas, gorduras e tudo mais que os cães precisam.

Os petiscos também podem ser objeto de confusão no mundo animal pelo fato de que algumas pessoas os associam apenas a alimentos que fazem mal à saúde dos peludos, mas este é um grande mito, já que há uma grande variedade nessa área.

Podemos fazer um comparativo prático com as guloseimas para humanos: elas não devem ser o principal componente da alimentação, mas são consumidas em momentos que se deseja um sabor diferente, por vezes que não aparece na dieta normal.

Petisco para cachorro faz mal mesmo?

Foto: Reprodução internet

A resposta para esta questão não deve ser exatamente o que você esperava, mas é uma só: depende.

Quando se fala sobre petiscos para cães, há uma imensidão de produtos que podem ser encontrados no mercado, seja em pet shops e estabelecimentos específicos ou mesmo em mercados. São biscoitos, bifinhos, ossinho e por aí vai, disponíveis em vários sabores, cores e tamanhos.

Assim como no exemplo das guloseimas que vimos anteriormente, há boas opções de petisco e outras nem tanto. Assim como é possível devorar um mix de nuts ou uma barra de cereal, o que não é nada tão ruim (salvo quando há restrições alimentares), há outras opções, como salgadinhos e biscoitos recheados.

No caso das guloseimas que não são saudáveis para humanos, bem como outros alimentos em geral, o consumo pode ser feito de vez em quando, desde que a alimentação seja equilibrada e balanceada. Lembre-se: os pets demandam um cuidado especial, já que estão sob nossa total responsabilidade.

Quando os petiscos são desenvolvidos com ingredientes saudáveis e fórmulas equilibradas, nossos aumigos podem se beneficiar bastante da escolha, mas sempre com moderação.

Veja também: Ossinhos e palitinhos de couro fazem bem ou mal?

Quais benefícios os petiscos para cães oferecem?

Foto: reprodução internet

Quando oferecidos da maneira correta, na quantidade certa e em ocasiões adequadas, os petiscos podem trazer muitos benefícios, como os seguintes:

Melhor aproveitamento no adestramento

Quem entende sobre adestramento sabe que os petiscos para cães são ótimos aliados nessa trajetória, pois servem como recompensas para mostrar aos pets quando eles reagem adequadamente.

Uma das melhores dicas de adestramento é usar este tipo de alimento para recompensar o pet, mas não de maneira excessiva, para que ele entenda porque está ganhando o petisco.

Foto: Camylla Battani no Unsplash

Enriquecimento ambiental

O enriquecimento ambiental para cães é uma atividade que pode contribuir diretamente para o seu desenvolvimento, bem como para fazer com que os pets aflorem alguns de seus instintos primitivos, diferente dos ambientes urbanos com os quais se acostumaram a viver.

Os petiscos para cães podem contribuir neste sentido, já que alguns possuem texturas e sabores diferentes. A melhor forma de colocar o plano em prática é esconder alguns pedaços pela casa de vez em quando e deixar que o pet procure até encontrar.

Ah, isso deve ser feito só às vezes, sem substituir a alimentação normal, tudo bem?

Foto: reprodução internet

Incentivo à mastigação

Chinelos, sapatos, móveis, cadeiras, mesas… Esses são apenas alguns dos itens que nossos pets ficam loucos para morder quando encontram em qualquer lugar e, consequentemente, podem trazer alguns prejuízos à conta.

É claro que não adianta brigar, já que este é um instinto natural, que ajuda a estimular os cães e aliviar a ansiedade, principalmente nos filhotes, mas que também se manifesta nos mais velhos.

Portanto, você pode dar petisco para filhotes e também para cães maiores, já que incentiva a mastigação e evita que eles destruam o que encontram, em especial nos petiscos mais duros.

Benefícios à saúde

Os petiscos para cães também ajudam em diversas áreas da saúde dos pets, tudo graças à mastigação. A primeira vantagem é o fortalecimento das mandíbulas, o que ajuda bastante na alimentação.

Esses petiscos também deixam os dentes limpos e o hálito um pouco mais fresco. Além disso, até mesmo a placa bacteriana e o tártaro são combatidos, ou seja, eles podem evitar que o seu cãozinho tenha que visitar o dentista!

Petisco para cachorro faz mal só se não for bem utilizado!

Diferente do que o senso comum pode incentivar, os petiscos podem fazer bem para o seu pet, tanto para os adestradores de plantão quanto para os tutores que não possuem essa habilidade.

Inclusive, você sabia que os cães nos enganam para ganhar petiscos? Essa foi a conclusão obtida através de um estudo publicado no periódico “Animal Cognition”, conduzido pelo Departamento de Biologia Evolucionária e Estudos Experimentais da Universidade de Zurique, na Suíça.

Foto: Sharon McCutcheon no Unsplash

Resumidamente, Marianne Heberlein, a principal pesquisadora, observou que os cães conseguem distinguir entre parceiros cooperativos e competitivos, ajustando seu comportamento de acordo com o que querem para obter recompensas, o que mostra que eles são tão inteligentes quanto pensávamos.

Por isso, é fundamental saber dosar a quantidade diária de petiscos. É difícil resistir àquele “olhar de pidão” do Gato de Botas, nós sabemos, mas o controle é necessário para evitar que nossos AUmigos desfrutem de todos os benefícios e não tenham problemas de saúde causados por esses alimentos.

Este é o primeiro da série de quatro conteúdos sobre petiscos para cães que preparamos para você, com dicas e informações que ajudam a desmistificar o assunto de uma vez por todas.

Os demais conteúdos podem ser encontrados nos links abaixo. Continue a leitura e entenda o que precisa saber sobre o assunto!

Como escolher os melhores petiscos para cachorro

Saiba porque a Petiko tem o petisco para cachorro que você procura (e seu pet merece)

Petisco natural para cachorro realmente faz a diferença

Equipe Petiko

Escrito por Equipe Petiko

Para pessoas que amam seu pet. Feito por pessoas que amam os seus.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

Quer Fazer um Trabalho Voluntário?

Como Escolher os Melhores Petiscos para Cachorro?