Como Escolher os Melhores Petiscos para Cachorro?

in ,

Saiba o que fazer para oferecer o petisco ideAU para seu pet!

Você sabe como escolher os melhores petiscos para cachorro?

Se a resposta for negativa, não tem do que se envergonhar, mesmo que já tenha ótimos AUmigos há muitos anos, já que opções não faltam nas gôndolas dos pet shops, prateleiras do mercado e páginas das lojas virtuais.

Para te ajudar com isso, nós separamos algumas dicas práticas e que podem ajudar bastante quando se deparar com tantas opções, de modo a escolher o que há de melhor para o seu pet. Aprenda e não erre mais!

Quais são os tipos de petiscos para cachorro e para gato?

Antes de mais nada, é importante entender quais são os tipos disponíveis, o que vai muito além de saber o que pode ser encontrado no mercado.

Oferecer diferentes opções é importante para evitar que eles se acostumem a um único tipo de petisco, o que não é bom, pois caso aquele produto eventualmente saia de linha, será difícil fazer o pet acostumar-se a outro.

Imagem Canva

Os melhores petiscos devem ser desenvolvidos com os melhores ingredientes, de modo a contribuir com a saúde dos pets, mas também em relação aos sabores, texturas e afins, o último latido ou miado fica por conta do seu companheirinho!

Confira os principais tipos de petiscos:

Petiscos para cachorro

  • Bifinhos: petiscos macios, geralmente possuem o sabor de alguma proteína, em texturas e formatos que realmente remetem a bifes.
  • Snacks: petiscos em geral, que podem ter diferentes formatos, texturas, sabores e aromas, além de ingredientes que vão das proteínas às frutas e legumes. Podem ter funções como a redução do odor das fezes e do mau hálito.
  • Biscoitos: os tradicionais biscoitinhos formulados especialmente para os cães. A textura é como a de um biscoito crocante e bem assado e eles também aparecem com grande variedade de sabores e formatos.

Petiscos para gato

  • Patês: vendidos em latas, sua textura parece com a de um patê para humanos, embora sua composição seja perfeitamente adequada aos felinos. Além dos sabores variados, um dos grande trunfos é o elevado teor de umidade, o que ajuda a saciar a fome dos bichanos.
  • Sachês: são os tradicionais sachês, que podem ser encontrados até em supermercados e estabelecimentos de outros segmentos. Os nutrientes são similares aos encontrados nas rações secas, embora sejam acrescidos de mais umidade.
  • Snacks: opções secas de petiscos para gatos, que podem tanto ser oferecidas como recompensas quanto para diversificar a alimentação. Algumas delas também possuem “funções” especiais, como combater o mau hálito e a formação de bolas de pelos.

O que fazer para escolher os melhores petiscos para cachorro?

Imagem Canva

Acredite: com o conhecimento certo, você ficará livre de petiscos indevidos para o seu catiorro!

Evite receitas com muita gordura ou açúcar

Este subtítulo se encaixaria perfeitamente a sugestões para a saúde humana, e exatamente o mesmo se aplica aos melhores petiscos para cachorro, que devem ser formulados sem excesso de açúcares e gorduras.

De fato, isso faz com que os cães gostem bastante do alimento que lhes é servido, que é saboroso, mas faz um mal danado à sua saúde, ou seja, certamente não compensa os riscos.

De acordo com o relatório “Study of ingredients and nutrient composition of commercially available treats for dogs”, publicado no periódico Veterinary Record, muitos petiscos disponíveis contêm uma série de ingredientes identificados como indefinidos na composição, entre eles açúcares.

Além da ausência de clareza nas informações, os produtos geralmente excedem a energia diária recomendada para petiscos, o que pode fazer com que os pets adquiram sobrepeso, obesidade ou mesmo outros problemas, como diabetes.

Foto: Matt ODell no Unsplash

De acordo com diretrizes da World Small Animal Veterinary Association (WSAVA), a Associação Veterinária Mundial de Pequenos Animais, a ingestão diária de petiscos não deve ser maior de 10% das necessidades energéticas do animal, de modo a não comprometer a sua saúde.

Outra informação importante vem da “2018 Pet Obesity Survey Results”, da Pet Obesity Prevention, 59,5% dos gato e 55,8% dos cães nos Estados Unidos são classificados com sobrepeso ou obesidade, informação que vem da Association for Pet Obesity Prevention (APOP).

Portanto, certifique-se da composição dos produtos escolhidos (e também de quanto oferecer ao pet) para evitar ter que ir ao veterinário dentro de pouco tempo, não apenas pelos custos envolvidos mas, principalmente, por sua saúde.

Cuidado com as cores ou aromas

Eis que você não sabe como escolher os melhores petiscos para cachorro e, por isso, escolhe qualquer opção no mercado. Então, chega em casa e encontra um biscoito bem colorido, que atrai os olhos assim que abre o pacote. No mesmo instante, sobe um delicioso cheiro de carne, frango ou algum outro ingrediente.

Pode parecer que você fez uma escolha sensacional, não é? Pois bem, isso pode estar longe de ser verdade, infelizmente, pois as características denotam que o produto não tem uma qualidade tão boa.

O primeiro ponto é a coloração, que geralmente recorre a corantes artificiais, os quais não são nada saudáveis. Além disso, os aromatizantes também nem sempre são naturais.

No final das contas, a verdade é que muitas dessas características são adicionadas para atrair a atenção dos compradores, não dos pets. O ideal é escolher petiscos sem corantes e aromas artificiais, de modo que seu cãozinho tenha um petisco de boa qualidade para se deliciar.

Foto: @jake.fiona.logan

Saiba ler o rótulo

As informações descritas no rótulo são fundamentais para quem quer oferecer os melhores petiscos para cachorro, já que assim é possível saber como aquele alimento é composto.

Nem todo mundo sabe, mas quando se lê os ingredientes de um alimento ou petisco para cães (o que, inclusive, também se aplica aos alimentos para humanos), os itens aparecem em ordem de concentração, ou seja, o primeiro ingrediente é o que existe em maior proporção.

No caso de um petisco que esteja descrito como sendo de carne, ervilha e cenoura, por exemplo, o principal ingrediente é a carne, seguido dos outros dois, também em ordem de participação.

Os melhores petiscos para cachorro devem, preferencialmente, ter o primeiro ingrediente como uma proteína, como carne ou frango, por exemplo, o que garante um alimento mais balanceado e que contribuirá com a sua dieta.

Sempre pense na saúde do animal

O petisco ideal para o seu cão deve levar em consideração suas características físicas e de comportamento, o que ajuda a ter um melhor aproveitamento energético e a não fugir de eventuais restrições alimentares, mesmo se tratando de um alimento consumido apenas de vez em quando.

Imagem Canva

Se o seu cão é obeso, não opte por petiscos gordurosos. Caso tenha diabetes, deixe os açúcares longe. Se tiver alguma restrição, não deve consumir nada que tenha aquele ingrediente específico.

Além disso, também é importante se atentar a outras condições físicas, como porte e idade. Assim, você poderá escolher os melhores petiscos para cachorro, adequados às suas necessidades alimentares.

Como escolher os melhores petiscos para gatos?

Imagem Canva

Se você tem um felino como pet, sabe que também há petiscos para eles no mercado, os quais também precisam dos cuidados certos.

Basicamente, eles são os mesmos que se aplicam aos cães, ou seja, alimentos sem muita gordura e açúcar, sem corantes e aromatizantes artificiais e com uma proteína como primeiro ingrediente na composição.

Uma diferença importante entre os gatos e cachorros é que os felinos têm maior probabilidade de se deparar com falta de líquidos, pois não costumam tomar tanta água quanto os cachorros.

Com isso, os melhores petiscos para gatos podem ser úmidos ou ter alguma concentração de umidade, mesmo que pequena, o que ajuda na sua saúde a curto, médio e longo prazo.

Invista nos melhores petiscos para seus pets!

Foto: Brianna Santellan no Unsplash

Nossos tão amados animaizinhos recebem todo o nosso amor e carinho, o que também se reverte em alguns petiscos para diversificar um pouco sua alimentação – o que não é necessário, diga-se de passagem, mas também não faz mal de vez em quando.

Portanto, a partir de agora, sempre que for escolher os melhores petiscos para cachorro ou os melhores petiscos para gato, lembre-se do seguinte:

  • Baixo (ou nenhum) teor de açúcar, para evitar hiperglicemia;
  • Ausência de corantes e aromas artificiais, que só chamam a atenção dos tutores, mas não são bons para os pets;

Produtos desenvolvidos com o máximo de ingredientes naturais e o mínimo de artificiais;

  • Além da escolha do produto, sempre siga as orientações da embalagem em relação ao consumo diário, de modo a não prejudicar seu pet.

A Petiko sabe como os pets gostam de um bom petisquinho e, por isso, oferece as melhores opções, que seguem a todos os critérios que comentamos acima.

Elas podem ser encontradas tanto no BOX.Petiko, enviado mensalmente com petiscos, brinquedos e uma revista super legal para os tutores, quanto no SHOP.Petiko, em que os produtos podem ser comprados à parte (e enviados junto com os boxes para que você não tenha que pagar o frete, inclusive!).

A partir de agora, quando você comparar as centenas de opções de petisco, poderá saber quais são as mais saudáveis e, assim, oferecer algo que não fará mal para o pet. Quer coisa melhor?

Este é o segundo conteúdo da nossa série sobre petiscos, em que comentamos sobre os melhores petiscos para cachorro e o que fazer para escolher os ideais.

Você pode acessar os outros conteúdos da série nos links abaixo. Acesse e aprenda mais sobre esses elementos complementares de sua alimentação!

Quais são os benefícios dos petiscos para cães

Petisco natural para cachorro realmente faz a diferença

Saiba porque a Petiko tem o petisco para cachorro que você procura (e seu pet merece)

Equipe Petiko

Escrito por Equipe Petiko

Para pessoas que amam seu pet. Feito por pessoas que amam os seus.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

Quais São os Benefícios dos Petiscos Para Cães?

Petisco Natural Para Cachorro: Realmente Faz a Diferença?