Comedouro lento: conheça 3 benefícios para os pets

Desacelerar o ritmo do seu pet na hora da refeição pode ser uma ótima maneira de garantir o bem-estar dele. Confira como usar os comedouros lentos no dia a dia!

Sabe aquele momento em que você coloca ração para seu pet – seja cachorro ou gato – e ele se torna a versão animal do The Flash?

Apesar de comum, esse comportamento é prejudicial à saúde do seu pet, pois a rápida ingestão de alimentos pode causar inúmeros problemas.

Por outro lado, existem pets que perdem o interesse pela sua comida por ela estar, simplesmente, muito disponível.

Esses dois cenários acontecem porque a busca por alimento faz parte do instinto tanto de cães quanto de gatos. E, como atualmente, eles não precisam mais caçar sua comida, acabam acumulando energia (e comendo rápido demais) ou perdendo o interesse.

A solução para esses dois comportamentos pode estar nos comedouros lentos – ou comedouros interativos, como também são conhecidos. Eles proporcionam estímulos que funcionam como obstáculos, despertando o interesse dos pets e diminuindo a velocidade da alimentação.

Conheça mais sobre os comedouros lentos no conteúdo a seguir.

Como funcionam os comedouros lentos

Foto: Freepik

Existem diversos tipos, formatos e cores de comedouros interativos. Eles se assemelham aos comedouros comuns, mas contam com “obstáculos” no centro, que desafiam os pets a conseguirem seu alimento.

Mas não se preocupe! A tarefa não se torna impossível por conta do comedouro lento, apenas mais desafiadora – e, consequentemente, mais interessante e divertida.

Para alimentar seu pet em um comedouro lento, basta colocar a comida (seja ração ou alimento natural) como de costume na tigela. Ela ficará exposta entre os obstáculos, pronta para receber seu cãozinho ou seu gato!

Agora que você aprendeu um pouco mais sobre como os comedouros lentos funcionam, chegou a hora de conhecer os benefícios que eles proporcionam!

Benefícios dos comedouros lentos para os pets

Foto: Canva

Os comedouros lentos proporcionam benefícios de curto, médio e longo prazo – e os tutores conseguem perceber as mudanças positivas no comportamento dos seus pets ao longo do tempo.

Confira 3 dos principais benefícios de inserir os comedouros lentos na rotina do seu pet:

1 – Garantem saúde e bem-estar aos pets

Quando um pet come muito rápido, devido à ansiedade, é comum acontecer engasgos, vômitos, má digestão, torção gástrica e até asfixia.

Isso mostra que um comportamento corriqueiro pode causar inúmeros problemas. Mas a solução é mais fácil do que parece!

Ao oferecer o alimento em um comedouro lento, o pet não vai conseguir devorar tudo em pouco tempo. Pelo contrário, ele realmente irá desfrutar daquele momento, comendo com mais calma enquanto ele encontra maneiras para tirar o alimento daquelas barreiras.

Com o tempo, a ansiedade da hora da refeição diminuirá e será substituída por um momento divertido e prazeroso, sem riscos à saúde. 

Além disso, os comedouros lentos ajudam a combater e a evitar a obesidade. Isso acontece porque, ao comer devagar, o cérebro estimula a saciedade – assim como acontece com os humanos!

2 – Contribuem com o Enriquecimento Ambiental

Para quem não está familiarizado com o termo, Enriquecimento Ambiental significa tornar o ambiente em que o pet vive mais divertido, desafiador e benéfico para ele.

Esse conjunto de práticas estimula o pet, resgatando seus instintos de maneira saudável, para que ele tenha mais qualidade de vida.

E onde entram os comedouros lentos no Enriquecimento Ambiental? Nós te explicamos!

Ao criar ambientes dinâmicos e interativos, é preciso oferecer desafios físicos e mentais semelhantes aos que os pets encontrariam na natureza.

Além de brinquedos, esses desafios podem ser voltados à alimentação – oferecendo um comedouro com diferentes estímulos, você incentiva o gasto de energia, resgata os instintos e diverte seu pet enquanto ele se alimenta.

O uso de comedouros lentos trabalha a parte cognitiva de cães e gatos, estimulando o aprendizado e o raciocínio. Incrível, né?

3 – Aumentam o interesse do pet pelo seu alimento

Muitos pets acabam perdendo o interesse e o prazer por sua comida por ela estar muito disponível. Como falamos anteriormente, isso está diretamente ligado ao instinto de caça.

Mas, como os pets não precisam mais caçar seu próprio alimento, a melhor forma de estimular o interesse deles pela comida é proporcionando desafios.

Os comedouros lentos desempenham muito bem esse papel! Além disso, existem comedouros com diferentes níveis de dificuldade, de acordo com as características de cada pet – por exemplo, pets com focinhos mais curtos (como Bulldog e Pug) precisam de comedouros mais rasos e com menos obstáculos.

Lambe Lambe, o comedouro interativo da Petiko

Comedouro lento: conheça 3 benefícios para os pets
Comedouro Interativo Lambe Lambe da Petiko

Diferente de outros modelos de comedouros interativos, o Lambe Lambe possui um formato de tapete, com suaves tipos de texturas para cães e gatos lamberem, sem que machuquem suas línguas. Essas texturas funcionam como obstáculos, que promovem enriquecimento alimentar, sensorial e cognitivo, pois desafia os pets a conseguirem suas comidas de maneira divertida.

O Laboratório de Inovação da Petiko idealizou esse comedouro lento que, através de ventosas, pode ser fixado em diversas superfícies, como pisos e azulejos. Tudo isso para estimular o enriquecimento ambiental, tornando o ambiente em que o pet vive ainda mais divertido e interessante.

Para conhecer todos os benefícios do comedouro interativo Lambe Lambe, clique aqui.

Receitas para oferecer aos pets no Lambe Lambe

O comedouro interativo Lambe Lambe proporciona experiências inéditas aos pets ao utilizarmos alimentos úmidos, semiúmidos e pastosos. Por isso, preparamos algumas dicas de receitas que vão surpreender os pets. Confira!

Para cães:

Comedouro lento: conheça 3 benefícios para os pets
Comedouro Interativo Lambe Lambe para cães

Receita 1:

Ingredientes:
– 1 peito de frango (refogado com apenas dois fios de azeite);
– 1 batata doce (cozida somente com água).

Modo de preparo:
Triture tanto o peito de frango quanto a batata doce em um mixer ou liquidificador. Em seguida, coloque essa mistura sobre o comedouro interativo Lambe Lambe e ofereça ao seu cachorro.

Receita 2:

Ingredientes:
– 1 banana sem casca;
– 1 iogurte natural sem açúcar;
– Petiscos da Petiko.

Modo de preparo:
Em um mixer ou liquidificador, bata a banana, o iogurte e os pedacinhos de petiscos. Em seguida, coloque essa mistura sobre o comedouro interativo Lambe Lambe e ofereça ao seu cachorro.


Para gatos:

Comedouro Interativo Lambe Lambe para gatos

Receita 1:

Ingredientes:
– Frango/carne moída (pedaços bem pequenos);
– 1 xícara de abóbora cabotiá.

Modo de preparo:
Cozinhe a abóbora sem sal. Logo depois, triture em um mixer ou liquidificador a fim de obter um purê. Dê uma leve refogada na proteína (sem usar alho ou cebola), podendo deixar ainda um pouco crua por dentro (o sistema digestivo carnívoro do gato as utiliza melhor se estiverem mal passadas). Por fim, coloque o purê com a carne por cima sobre o comedouro interativo Lambe Lambe e ofereça ao seu bichano.

Receita 2:

Ingredientes:
– 1 maçã sem casca e sem sementes (elas podem ser tóxicas para os pets);
– 1 iogurte natural (sem aroma e sem açúcar).

Modo de preparo:

Em um mixer ou liquidificador, bata os pedacinhos de maçã e o iogurte natural. Por fim, coloque essa mistura sobre o comedouro interativo Lambe Lambe e ofereça ao seu bichano.

Se o seu pet costuma comer rápido demais ou, até mesmo, não se interessa muito pelo seu alimento, este pode ser o momento de presenteá-lo com um comedouro lento – temos certeza de que os momentos das refeições serão deliciosamente divertidos!

Leia também:
Brinquedos Recheáveis: Conheça Essa Diversão Interativa Para Cachorro
Aprenda a Evitar que o Cachorro Coma a Ração do Gato
7 Motivos Para Não Deixar Comida à Vontade Para Seu Cão
Como a Obesidade Pode Afetar o Comportamento do seu Gatinho

Equipe Petiko

Escrito por Equipe Petiko

Para pessoas que amam seu pet. Feito por pessoas que amam os seus.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comments

Mais artigos como este:

Os animais pensam como nós? Descubra agora!

BOX.Petiko: conheça as novidades do tema “Fliper Petiko”